Zona Sul

Turuçu celebra 26 anos de emancipação com aquisição de inédita sede própria

Cidade comemora desvinculação nesta sexta-feira com anúncio de um prédio para a prefeitura municipal

22 de Outubro de 2021 - 09h11 Corrigir A + A -
A aquisição da nova sede foi possível após planejamento de adequação das secretarias do Executivo e através de parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura - (Foto: Luiza Wiener)

A aquisição da nova sede foi possível após planejamento de adequação das secretarias do Executivo e através de parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura - (Foto: Luiza Wiener)

O município de Turuçu completa 26 anos de emancipação nesta sexta-feira. A cidade se desvinculou de Pelotas em 1995 e agora trabalha para alcançar um patamar mais elevado economicamente na região. Dentro das comemorações de aniversário, o Executivo municipal comunicou a inédita aquisição de um prédio para sediar a prefeitura, o que possibilitará o redirecionamento de verbas para maiores investimentos em outras áreas da cidade. A prefeitura ainda prepara o anúncio de projetos para os próximos anos.

Em quase três décadas de emancipação, a administração municipal nunca possuiu uma sede própria - anseio antigo da comunidade. A aquisição da nova sede foi possível após planejamento de adequação das secretarias do Executivo e através de parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura, que fica localizada às margens da BR-116. A instalação na nova estrutura vai gerar uma economia de R$ 408 mil reais em três anos. "Atualmente, a prefeitura paga R$ 7 mil de aluguel. Porém, esse valor iria aumentar para R$ 8 mil em 2022, R$ 9 mil em 2023 até chegar em R$ 10 mil em 2024. Esta mudança vai impactar nos cofres públicos, porque vai gerar uma economia que possibilitará que a gente agregue este recurso na saúde e nas pavimentações das estradas do município. É um dinheiro que será redirecionado para outras secretarias", explica o prefeito de Turuçu, Ivan Eduardo Scherdien (DEM). "É algo que já havíamos estabelecido como meta prioritária no plano de governo e estamos muito contentes de realizá-la tão rapidamente", completa.

A aquisição da sede própria é vista como um dos progressos proporcionados pela emancipação. Neste ano de 2021, o Congresso Nacional debateu as leis que determinavam as exigências para a formação de municípios e chegou a determinar que cidades com baixo contingente populacional fossem extintas. Diante do avanço destas proposições, a prefeitura valoriza as conquistas que foram possibilitadas pela desvinculação de Pelotas. O Executivo avalia que este processo de emancipação foi o grande catalisador de progressos importantes para a comunidade. "São 26 anos de uma emancipação muito valiosa. Nós não tínhamos patrolas, tratores e o acesso a outros serviços era muito difícil. Hoje estamos em outro patamar. Temos um parque industrial sendo preparado para trazer mais empresas e estamos em negociações avançadas para a chegada de outros empreendimentos. Trabalhamos forte para alcançar os 10% de arrecadação exigidos pelo Congresso e fazer a cidade crescer ainda mais", contou o prefeito.

Ele ainda destacou que a principal meta do seu mandato é trabalhar forte nas relações entre os municípios para concretizar avanços ainda mais significativos para Turuçu. "Procuramos deixar a cidade num patamar socioeconômico melhor para não fazer com que, no futuro, seja extinto o município", afirmou Scherdien.

Comemorações

Para este sábado está programado um desfile temático no município. Na festividade, organizada pelas comunidades religiosas, serão apresentadas todas as culturas de Turuçu. A Secretaria Municipal de Educação promove esta atividade, que acontecerá na avenida Arthur Langie, considerada a principal via do município. A concentração inicia às 13h no Centro de Eventos de Turuçu e o desfile inicia às 14h. No trajeto, estão instalados pontos de comercialização de morangos.

Em decorrência do avanço da Covid-19, Turuçu não conseguirá realizar a Festa do Morango e da Pimenta em 2021 e o evento já foi transferido para o ano que vem. Porém, isso não significa que não ocorrerão comemorações ao aniversário da emancipação do município. Para celebrar a data, uma rota turística pomerana foi estabelecida para atender aos visitantes e munícipes que desejem percorrer o trajeto. No caminho, estão previstas visitas às seis agroindústrias que participam do processo de cultivo do morango e da pimenta. O passeio é encerrado com um café colonial, que foi inaugurado neste mês de outubro.

Praia agroecológica de Turuçu

Outro projeto que está em desenvolvimento no município é a instalação de uma praia ecológica. O projeto já foi aprovado em 1º lugar na Consulta Popular dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento do Sul (Corede-Sul) e agora passa por votação nos municípios. Turuçu é uma cidade que possui acesso à Lagoa dos Patos, assim como Pelotas e São Lourenço do Sul. Contudo, é a única cidade que não tem acesso público às águas. A porção do município que é banhada pela lagoa pertence à iniciativa privada. Para viabilizar este acesso, é necessário que ocorra um processo de desapropriação e de garantias de preservação ambiental. "Montamos esse projeto para o futuro do município e queremos estar desfrutando dele até o final de 2024. A verba seria aprovada em 2022 e terminaríamos em três anos todos os trâmites necessários, como a parte jurídica da desapropriação e das obras para desenvolver o melhor acesso à lagoa. Após a desapropriação, o passo seguinte são as obras. É um sonho da população e dos empreendedores locais", conta o prefeito.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados