Opções variadas

Todos os caminhos levam ao Mercado do Rio Grande no feriado

Com opções de passeio, gastronomia e apresentações artísticas estão na agenda do Festival Gastronômico

13 de Abril de 2022 - 18h32 Corrigir A + A -
Corvina assada e o camarão-rosa são duas ótimas opções gastronômicas (Foto: Richard Furtado)

Corvina assada e o camarão-rosa são duas ótimas opções gastronômicas (Foto: Richard Furtado)

A gastronomia litorânea à base de peixes e frutos do mar, tendo como atrações a corvina assada e o camarão-rosa, é a grande aposta do Rio Grande para ser o destino preferencial dos moradores do sul do estado neste feriadão de Páscoa. Marcado para iniciar na quinta-feira, o Festival Gastronômico do Mercado vai oferecer, ainda, uma série de atrações artísticas e culturais para os visitantes.

O pacote de atrações tem como um dos grandes atrativos o passeio na escuna Divino Sol, que realizará uma volta pela Lagoa dos Patos no trecho do Porto Velho entre o Clube de Regatas Rio Grande e o Yatch Club. As saídas irão acontecer diariamente das 15h às 17h.

Uma série de shows com artistas locais e uma feira de artesanato acontecem paralelamente no entorno e dentro do Mercado Público, que terá seu horário de funcionamento estendido até as 22h.

O secretário de Desenvolvimento, Inovação e Turismo, Gilberto Sequeira diz que o evento tem como um de seus principais objetivos inserir a cidade como um roteiro turístico preferencial para moradores de cidades próximas. “Estudos recentes nos mostram que a partir da pandemia o turismo regional ganhou relevância e tivemos prova disso na temporada de veraneio no Cassino, assim acreditamos que ao realizar eventos como este temos como explorar isso”, afirma.

O Centro Histórico e, especialmente, do Mercado Público localizado em frente a Lagoa dos Patos começaram a despontar como produtos turísticos da cidade – que se orgulha em ser a mais antiga do estado – no ano passado com realização da Noite do Centro Histórico, quando a região ganhou iluminação cênica e sediou um festival cultural e gastronômico.

“Com o sucesso da iniciativa de novembro, surgiu a ideia de unificar outra ação semelhante com a Semana Santa, então se preparou este evento que irá envolver os comerciantes do Mercado com artesãos e músicos da cidade, além de outras atrações”, diz a primeira-dama Lu Compiani, uma das organizadoras do Festival Gastronômico.

Atrações especiais
Entre as atrações programadas estão uma caça ao ninho para a criançada na tarde de sábado na praça Xavier Ferreira e, a tradicional anchova assada que será preparada e vendida na Sexta-feira Santa.

Responsável por preparar o prato típico da cidade desde a década de 1980, o cozinheiro José Marquetoti assinará o assado deste ano. A expectativa é de ofertar entre 300 e 350 peixes com peso variável entre 800 gramas e 1kg. O preço final ainda não foi definido, mas deve girar entre R$ 30,00 e R$ 35,00 por unidade.
“A expectativa é muito boa, pois desde antes da pandemia não temos um evento no qual a anchova assada seja oferecida para o público, então acredito que as pessoas estão com saudade e irão procurar bastante”, diz Marquetoti.

Quem também nutre boas expectativas com o Festival Gastronômico são os comerciantes instalados no Mercado Público, como Adriana Amaro e o filho Gabriel Fredo que desde 2016 mantém uma lancheria ali. Contando com o aumento do volume de clientes no café, que tem os pasteis de massa caseira como atração principal, Adriana vai aumentar de três para sete o número de funcionários contratando quatro diaristas a R$ 70,00 cada. Além disso investiram pesado na compra antecipada de camarão, carne de siri e peixe seco para adequar o cardápio ao paladar dos visitantes da Semana Santa.

A partir das atrações previstas e do aumento do horário de funcionamento a expectativa é de, no mínimo, dobrar as vendas. Atualmente a lancheria vende em média 50 pasteis a cada dia, além de outros pratos.
“Esperamos agregar um novo público a nossa clientela com a vinda de visitantes tanto da cidade, como de outras cidades. Sempre apoiamos as novas ideias que são apresentadas para o Mercado e se este tipo de evento acontecesse mais vezes, mais pessoas iríamos empregar”, diz Fredo.

Serviço
Quando: de quinta a sábado das 7h30min as 22h. Domingo das 7h30min as 15h
Onde: Mercado Público do Rio Grande
(*) O assado de anchova será vendido apenas para o almoço da Sexta-feira Santa.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados