Pandemia

Shoppings, academias e restaurantes podem retomar atividades em RG

Horários e regras estão definidos em novo decreto apresentado em coletiva à imprensa, na tarde desta terça-feira, pelo prefeito Alexandre Lindenmeyer

26 de Maio de 2020 - 20h33 Corrigir A + A -

Por: Michele Ferreira
michele@diariopopular.com.br 

Comunidade acompanhou anúncio em transmissão ao vivo pelas redes sociais da prefeitura, no começo da tarde
 (Foto: Jô Folha - DP)

Comunidade acompanhou anúncio em transmissão ao vivo pelas redes sociais da prefeitura, no começo da tarde (Foto: Jô Folha - DP)

Uma nova rodada de flexibilizações foi anunciada, nesta terça-feira (26), pela prefeitura de Rio Grande. Lojas de todos os portes e Shoppings Centers podem reabrir as portas nesta quarta. Em restaurantes, academias de ginástica, ginásios e espaços como estúdios de pilates as atividades só serão retomadas a partir de sexta-feira. Protocolos complementares, definidos até quinta, ainda irão detalhar todos os cuidados que precisarão ser adotados para prevenir a disseminação da Covid-19.

Ao apresentar o texto do decreto 17.172, o prefeito Alexandre Lindenmeyer (PT) reforçou o apelo para a comunidade manter o distanciamento social e, inúmeras vezes, reafirmou: se o número de casos de novo coronavírus crescer - a ponto de tensionar o sistema público de saúde -, o governo voltará a restringir atividades. "Queremos ratificar este olhar de cuidado e poder contar com o comprometimento da população sobre a importância da máscara, por exemplo, que muitos ainda não usam", destacou. E garantiu que a prefeitura irá intensificar campanha pela adesão do Equipamento de Proteção Individual (EPI).

A posição do Comitê Técnico em Saúde, o funcionamento de serviços, como o TeleCovid e o credenciamento de dez leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da Santa Casa, pelo Ministério da Saúde, estão entre os principais pontos que pesaram na balança para o Executivo decidir pelas novas liberações.

Conheça alguns pontos do novo decreto 
* Shoppings Centers:
- Podem receber o público a partir desta quarta-feira (27).
- O horário de funcionamento será das 12h às 20h, com no máximo 30% da lotação prevista no Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI), contabilizados trabalhadores e clientes.
- Para entrar nas lojas e circular pelo local, o uso de máscara é obrigatório.
- A temperatura de consumidores, trabalhadores e fornecedores deverá ser aferida com o uso de termômetros com leitura através de raios infravermelhos. Caso a temperatura exceda 37,8°C, a equipe de Vigilância em Saúde deverá ser comunicada.
- A Praça de Alimentação poderá funcionar das 12h às 14h e das 18h às 20h, com distanciamento mínimo de dois metros entre as mesas.
- Os elevadores deverão ser utilizados apenas pelos clientes que apresentarem limitação de locomoção.

* Comércio
- Agora todas as lojas podem retomar as atividades. O decreto é bastante detalhado e especifica quantas pessoas podem estar no ambiente - entre vendedores e clientes -, conforme o tamanho do estabelecimento.
- O expediente estende-se das 9h às 16h30min, sem fechar ao meio-dia.
- Os estabelecimentos com mais de um acesso deverão manter somente um ponto para entrada e saída.
- Estabelecimentos com tamanho igual ou maior a 300 metros quadrados deverão utilizar apenas 30% da força de trabalho, para evitar acúmulo de pessoal.
- Em lojas de tamanho igual ou maior a 250 metros quadrados, trabalhadores, clientes e fornecedores também deverão passar por aferição de temperatura - como definido para os Shoppings.
- Fica proibido o uso de provadores de calçados e de vestuário.

* Academias de ginástica, escolas de natação, estúdios de pilates, clubes e ginásios:
- Podem retomar as atividades a partir de sexta-feira, mas têm uma série de critérios a atender, como o número de pessoas conforme o tamanho do estabelecimento. Locais com até cem metros quadrados, só podem receber duas pessoas simultaneamente: o professor e o aluno.
- O tempo de duração dos treinos também deve ser respeitado: a cada 45 minutos de aula serão necessários 15 minutos de intervalo para higienização do ambiente e dos acessórios.
- Uso de bebedouros e vestiários está proibido.

* Restaurantes:
- Estão autorizados a reabrir as portas a partir de sexta-feira, com uma série de recomendações, principalmente, quanto à higiene e ao acesso de álcool em gel aos clientes.
- O horário de funcionamento será das 11h às 14h e das 18h às 21h.
- Diminuição do número de mesas, aumento de separação entre elas e ocupação total limitada a 30% da capacidade do estabelecimento também devem ser observados.
- O serviço de bifê, entretanto, fica proibido.

 

Confira o panorma da Covid-19
- Na Zona Sul
: O número de confirmações deu um salto nesta terça-feira. Além de Pelotas, Piratini, Canguçu e Rio Grande também registraram novos casos do novo coronavírus. Agora são 127 espalhados em nove municípios da região. Confira:

- Pelotas: 71
- Rio Grande: 23
- Canguçu: 18
- São Lourenço: 6
- Piratini: 4
- Pinheiro Machado: 2
- Capão do Leão: 1
- Candiota: 1
- Jaguarão: 1


- No Estado: A pandemia segue a escalada também no Rio Grande do Sul. Até as 19h40min, os dados da Secretaria Estadual de Saúde apontavam para 6.785 infectados, em 259 municípios gaúchos. Os dados, entretanto, ainda apresentam defasagem; se comparados às estatísticas municipais. O total de mortes era de 203.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados