Pandemia

Santa Vitória do Palmar chega a oito casos de Covid-19

Prefeitura intensifica testagem junto a profissionais de saúde; na sexta os alvos principais serão as equipes do Caps e da Policlínica

04 de Junho de 2020 - 14h44 Corrigir A + A -

Por: Michele Ferreira
michele@diariopopular.com.br 

Locais identificados pela prefeitura como possíveis pontos de aglomeração no município foram fechados (Foto: Divulgação - Prefeitura de Santa Vitória do Palmar)

Locais identificados pela prefeitura como possíveis pontos de aglomeração no município foram fechados (Foto: Divulgação - Prefeitura de Santa Vitória do Palmar)

*Atualizada às 16h42min para acréscimo de informações.

Em menos de uma semana, Santa Vitória do Palmar chega a oito casos do novo coronavírus. A prefeitura alinha estratégias e, a partir desta sexta-feira (5), mantém as testagens junto aos profissionais de saúde. Os novos alvos são as equipes do Centro de Atenção Psicossocial e da Policlínica, já que os dois últimos diagnósticos confirmados são de uma usuária do Caps e de um paciente que esteve na Policlínica - com sintomas de febre e diarreia - e acabou recorrendo a teste em laboratório privado.

Os motoristas da Secretaria Municipal de Saúde, que conduzem pessoas que estão em tratamento oncológico ou que dependem de hemodiálise, também estão entre os grupos prioritários para realização do teste rápido. Até o momento, não há nenhuma alteração prevista nos decretos municipais, para modificar as regras que estão vigor na cidade.

"Estamos adotando todos os cuidados e reforçando o que temos dito desde o mês de março, pra que o pessoal evite aglomerações", ressalta a secretária de Saúde, Nóris Gonzales. A confirmação de que um fisioterapeuta da equipe do Centro de Especialidades testou positivo para a Covid-19, na quarta-feira, é mais um motivo para soar o sinal de alerta. Os trabalhadores da Vigilância Epidemiológica já deram início a contatos com moradores atendidos por ele nos últimos dias, para colocá-los em monitoramento e verificar se alguém irá ou não apresentar sintomas.

Entenda melhor

O primeiro caso de Covid-19 foi registrado na última sexta-feira, dia 29, quando um homem natural do estado de Rio Grande do Norte apresentou resultado positivo para doença. Com a informação, a comunidade - do município de aproximadamente 30 mil habitantes - passou a recorrer à testagem. No mesmo dia, outros dois casos - de um casal - foram notificados.

Como o homem era funcionário de uma arrozeira, a empresa decidiu fazer ampla testagem. Outros dois profissionais - igualmente assintomáticos - estavam infectados. Com cinco casos confirmados, em intervalo curto de tempo, a prefeitura optou em realizar mais testes junto aos trabalhadores da Saúde. Na quarta-feira, portanto, um fisioterapeuta teve diagnóstico registrado.

Nesta quinta-feira, um paciente que havia procurado a Policlínica também confirmou para a doença e uma usuária do Caps teve resultado positivo. Agora já são oito casos, em seis dias.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados