Empreendimento

Rio Grande trabalha para a criação de um distrito criativo

Prefeitura assinou contrato com a empresa responsável pelo Distrito C, de Porto Alegre

11 de Maio de 2022 - 14h02 Corrigir A + A -
Contrato foi assinado nesta terça-feira (10). (Foto: Richard Furtado - PMRG)

Contrato foi assinado nesta terça-feira (10). (Foto: Richard Furtado - PMRG)

Com objetivo de construir um ambiente favorável para a economia criativa em Rio Grande a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer assinou na tarde desta terça (10) a primeira etapa do contrato com a Agência de Inovação Social - UrbsNova. A empresa, que é a responsável pela criação do Projeto Distrito Criativo de Porto Alegre, conhecido como Distrito C, que reúne 90 empreendimentos com foco em Economia Criativa, Economia do Conhecimento e Economia da Experiência setores complementares, prestará consultoria para o mapeamento do potencial econômico do setor no centro histórico do município.

O professor Jorge Piqué, responsável pela empresa diz que o trabalho em Rio Grande deverá ter como base o já estabelecido na capital gaúcha, com objetivo de fomentar a economia criativa para trazer desenvolvimento econômico para o município. “Serão 2 meses e meio de levantamento, prospecção, mapeamento, mas também já de articulação com esses agentes do centro histórico, que tem qualidade, para no futuro trazermos mais gente de qualidade para o centro”, contou.

De acordo com o Secretário, Luís Henrique Drevnovicz, a proposta baseia-se no projeto Distrito Criativo de Porto Alegre e as atividades a serem realizadas nesta primeira etapa referem-se a visitas técnicas ao Centro e a identificação dos principais negócios de Economia Cultural e Criativa do Rio Grande.

“Reuniões com proprietários de negócios e gestores culturais que atuam na região central da cidade a fim de conhecer em profundidade as suas situações atuais, suas dificuldades e demandas além de reuniões com gestores municipais com objetivo de conhecer a perspectiva da administração pública e recuperar informação acumulada, entre outras ações com foco de acolher futuros negócios para a economia Criativa, serão o norte nessa nossa primeira ação”, afirma.

Após a assinatura, os representantes da empresa e da Secretaria de Cultura, acompanhados pela primeira dama Lu Compiani, visitaram o Mercado Público do Rio Grande, local que futuramente deverá fazer parte do distrito criativo.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados