Cultura

Rio Grande terá calendário de eventos para comemorar imigração açoriana

Os 270 anos da chegada dos açorianos ao Rio Grande do Sul foram pauta de uma reunião

27 de Janeiro de 2022 - 23h40 Corrigir A + A -

Os 270 anos da chegada dos açorianos ao Rio Grande do Sul foram pauta de uma reunião, nesta quarta-feira (26), Casa dos Açores do Estado do Rio Grande do Sul (CAERGS), em Gravataí, com a presença do prefeito Fábio Branco e dos secretários de Turismo, Gilberto Sequeira, e de Cultura, Luis Henrique Drevnovicz. Na oportunidade, foram iniciadas as conversas para construção da programação das comemorações da data, que também terá eventos em Rio Grande.

A reunião contou com a presença do diretor regional das Comunidades Açorianas do Governo Regional dos Açores/Portugal, José Andrade que apresentou um contexto sobre o arquipélago para os representantes dos mais de 30 municípios gaúchos que tem em sua história a relação com os Açores. A intenção da Casa dos Açores é, a partir desse encontro inicial, promover diversas atividades sobre o tema em todo estado, tendo como parceiros os municípios que possuem essa influência cultural portuguesa.

Conforme comentou Fábio Branco, Rio Grande foi a porta de entrada para as famílias açorianas e existe o interesse de desenvolver uma programação especial no município. “Queremos fortalecer essa programação e valorizar essa marca de 270 anos da chegada dos açorianos, que foi um marco para o desenvolvimento do município e do estado”, afirma.

Branco acrescenta que vê nesse movimento uma oportunidade de estreitar ainda mais os laços com os Açores. “Vamos trabalhar essa relação cultural, talvez pensar também em uma geminação com alguma cidade de uma das ilhas (dos Açores), a exemplo do que já existe com a cidade de Águeda. É algo importante para Rio Grande, que foi fundada por portugueses e tem todo esse vínculo. É do nosso interesse esse relacionamento internacional, não só cultural, mas também econômico, se for possível ”, diz.

O tema será discutido entre as equipes da Prefeitura com o objetivo de se elaborar uma programação local para os festejos. O modelo deverá ser enviado à Casa dos Açores, que fará toda a organização dos festejos no RS.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados