Zona Sul

Rio Grande suspende o Réveillon do Cassino

Decisão decorre da incerteza sobre os impactos da variante Ômicron

06 de Dezembro de 2021 - 16h51 Corrigir A + A -
Até agora, 73,1% da população total de Rio Grande já recebeu ao menos uma dose da vacina

Até agora, 73,1% da população total de Rio Grande já recebeu ao menos uma dose da vacina

A prefeitura do Rio Grande anunciou, nesta segunda-feira (06), a suspensão da festa de Réveillon do Cassino. A medida decorre da incerteza em relação aos impactos da Ômicron, variante do coronavírus surgida na África do Sul — e que já chegou ao Estado. Em todo país, diversas cidades já anunciaram medidas semelhantes, como Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo, Florianópolis, Recife, Brasília e Salvador.

“O momento exige cautela, mesmo que ainda não existam estudos mostrando o quão resistente às vacinas essa nova variante é. Após reunião com nossas equipes técnicas, optamos pelo cancelamento das atividades. Mantermos a festa no Cassino poderia promover uma aglomeração incompatível com o momento que estamos atravessando”, explica o prefeito Fábio Branco.

Apelo para que a população se vacine

Até agora, 73,1% da população total de Rio Grande já recebeu ao menos uma dose da vacina. Com o ciclo vacinal completo (duas doses), são 61,9% da população.

“Em Rio Grande não falta vacina! Além da aplicação nos postos, de segunda a sexta, temos realizado ações aos finais de semana. A vacinação é a melhor forma de se proteger contra as novas variantes”, enfatiza o prefeito.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados