Cuidados

Rio Grande se prepara para temporais

Aulas foram suspensas após alerta de cuidado máximo emitido pela Marinha

16 de Maio de 2022 - 19h21 Corrigir A + A -

O alerta meteorológico feito pela Marinha do Brasil para fortes temporais no litoral do Rio Grande do Sul a partir desta terça-feira (17) colocou as autoridades do Rio Grande em alerta. As aulas na rede municipal foram suspensas.

O ordenador da Defesa Civil municipal, Rudimar Machado diz que as equipes do órgão estão de prontidão e têm capacidade para atender até 200 famílias em um intervalo de uma hora, caso seja preciso. “Temos lonas, telhas, alimentos, além de cobertores e colchões e capacidade para dar suporte rápido para centenas de pessoas já num primeiro momento, caso seja necessário”, afirma.

Conforme os boletins divulgados pela Marinha e a Defesa Civil do RS a previsão é de que o ápice do temporal em Rio Grande aconteça a partir das 10h desta terça-feira, quando as rajadas de vento podem superar a casa dos 80 km/h. Os modelos meteorológicos mostram que o fenômeno pode se estender por aproximadamente 24h com períodos de menor e maior intensidade.

“Quem estiver na rua deve ter cuidado para não procurar abrigo perto da rede elétrica, nem de árvores ou bocas-de-lobo para evitar acidentes. Quem puder, deve ficar em casa”, diz.

A secretária da Causa Animal, Laurinha alerta para a necessidade dos proprietários recolherem seus animais de grande porte, principalmente cavalos, que estiverem soltos em áreas próximas de redes elétricas.

Gabinete de crise
A Prefeitura do Rio Grande constituiu um gabinete de gestão para acompanhar os efeitos do temporal, formado pelos gabinetes do Prefeito, Vice-prefeito, Defesa Civil, além das secretarias de Zeladoria, Cidadania, Mobilidade, Saúde, Causa Animal, Agricultura e Assessoria de Comunicação.

O atendimento à população será coordenado pela Defesa Civil e quem precisar de auxílio pode ligar para os números 199 (Defesa Civil), 193 (Bombeiros), 153 (Guarda Municipal), 156 (Trânsito) ou mandar mensagens pelo WhatsApp (053) 99968.3244 da Defesa Civil.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados