Tristeza

Rio Grande registra mais duas-mortes por Covid-19

As vítimas são dois homens: um de 36 anos sem outras complicações de saúde e um idoso de 63, que possuía comorbidades; agora são 13 óbitos na região

30 de Junho de 2020 - 21h08 Corrigir A + A -

Por: Michele Ferreira
michele@diariopopular.com.br 

Ala São Lucas é uma das áreas da Santa Casa de Rio Grande reservada para o atendimento Covid (Foto: Marcos Jatahy - Prefeitura)

Ala São Lucas é uma das áreas da Santa Casa de Rio Grande reservada para o atendimento Covid (Foto: Marcos Jatahy - Prefeitura)

Outras duas pessoas morreram em decorrência do novo coronavírus em Rio Grande, nesta terça-feira (30). Um dos óbitos, confirmado às 20h20min pela Vigilância Epidemiológica, é de um homem de 36 anos que estava hospitalizado na Santa Casa e não possuía outras complicações de saúde.

A outra vítima é um idoso de 63 anos, que apresentava comorbidades e estava internado no Hospital da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg). 

 Agora são 13 mortes ocorridas na região e seis em Rio Grande. E o mais triste: este é quarto dia seguido em que a pandemia abrevia vidas na Zona Sul. 

Nesta terça-feira, além de Pelotas, Rio Grande, Capão do Leão e São José do Norte também confirmaram novos casos de Covid-19 até o início da noite. Agora, são 663 notificações; 25 a mais em 24 horas. Confira o cenário nos 13 municípios da região:

- Pelotas: 262
- Rio Grande: 251
- Canguçu: 37
- São José do Norte: 31 
- São Lourenço: 20
- Santa Vitória do Palmar: 20
- Piratini: 11
- Capão do Leão: 10
- Arroio Grande: 6
- Candiota: 5
- Pinheiro Machado: 4
- Chuí: 4
- Jaguarão: 2

No Estado

O número de municípios com circulação comprovada do novo coronavírus não para de crescer. Agora são 403 cidades; o equivalente a 81% do total. O número de casos registrados bateu em 26.941; 1.293 a mais do que na segunda-feira.

Veja os dados das 13 mortes na Zona Sul:

- 6 Rio Grande
- 3 Pelotas
- 2 Canguçu
- 1 Piratini
- 1 São José do Norte

* 614 óbitos no Rio Grande do Sul; 32 notificados nas últimas 24 horas.

 

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados