Zona Sul

Rio Grande realiza instalação de rastreadores em viaturas do Município visando economia de recursos

Conforme a SMGAL, é esperada uma redução de 15% do tempo ocioso das viaturas e uma economia de 20% com combustível

23 de Outubro de 2021 - 13h21 Corrigir A + A -
A prefeitura do Rio Grande, por meio da Secretaria de Gestão Administrativa e Licitações (SMGAL), está trabalhando em um novo projeto para economizar recursos do erário municipal. 50 viaturas da Prefeitura estão recebendo a instalação de rastreadores, ação que visa propiciar uma diminuição dos gastos com os veículos. Conforme a SMGAL, é esperada uma redução de 15% do tempo ocioso das viaturas, uma economia de 20% com combustível e um aumento de 7% da efetividade geral da Frota.

A iniciativa está sendo implantada por meio da Superintendência de Gestão de Viaturas da SMGAL, que realizou análises e estudos sobre o tema e decidiu por colocar a proposta em prática em Rio Grande. Assim, foi realizada licitação, que teve como vencedora a empresa Trace Tec Rastreamento.

Conforme Gilnei Barenho, Superintendente de Gestão de Viaturas, a previsão é de que a ação entre em execução dentro de 10 dias, após visita da empresa para fornecer ao Município o software para acompanhamento dos veículos, além da realização de um treinamento com servidores que irão atuar no serviço. Ele salientou que a intenção da administração municipal é estender a proposta para as demais viaturas do município.

Para isso, cada secretaria deverá realizar licitação específica para a contratação e manutenção do serviço, devido às diferentes fontes orçamentárias dos setores. As secretarias de Zeladoria da Cidade (SMZC), de Saúde (SMS) e de Meio Ambiente (SMMA) já estão trabalhando com o Termo de Referência.

Neste primeiro momento, os rastreadores estão sendo instalados nos veículos do gabinete do prefeito e da Central de Viaturas, responsável por atender secretarias que não possuem viaturas próprias. Além disso, também serão colocados os equipamentos nos veículos do Procon, Secretaria da Fazenda e Secretaria da Pesca, Agricultura e Cooperativismo.

Ainda de acordo com Barenho, a SMGAL tem realizado um levantamento de toda a frota, em inúmeras frentes de trabalho, visando a economia de recursos municipais. Neste contexto, também está em debate o desfazimento de alguns veículos.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados