Pandemia

Rio Grande determina quarentena obrigatória para trabalhadores de outras localidades

Medida para prevenir a expansão da Covid-19 faz parte do novo decreto publicado pela prefeitura; regras também permitem reabertura de salões de beleza, barbearias e estéticas

18 de Maio de 2020 - 21h05 Corrigir A + A -

Por: Michele Ferreira
michele@diariopopular.com.br 

Estabelecimentos podem reabrir, mas com limitação de apenas um funcionário e um cliente por vez 

(Foto: Divulgação)

Estabelecimentos podem reabrir, mas com limitação de apenas um funcionário e um cliente por vez (Foto: Divulgação)

Um novo decreto, publicado no domingo (17) pela prefeitura, é bem claro: os trabalhadores oriundos de outras localidades, que venham a ser contratados para atividades nas áreas de serviço ou do comércio, em Rio Grande, deverão cumprir quarentena pelo período mínimo obrigatório de 14 dias. Os profissionais precisarão se submeter a testes para descartar contaminação do novo coronavírus e os custos devem ser arcados pelo empregador. Os resultados devem ser comunicados à Secretaria Municipal de Saúde.

O decreto 17.148 também especifica as regras para reabertura de barbearias, cabeleireiros, salões de beleza e estéticas, anunciada em manifestação do prefeito Alexandre Lindenmeyer (PT), na manhã da última sexta-feira. O funcionamento dos estabelecimentos só será permitido na proporção de um cliente para um funcionário. Fica vedada, por exemplo, a realização de serviços simultâneos na mesma pessoa.

A utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIS), como máscara, luva, avental e touca é obrigatória. Quem frequentar os salões, claro, também deve fazer uso de máscara; inclusive durante o atendimento.
Espaços como academias de ginástica, ginásios, escolas de natação e clubes esportivos devem permanecer de portas cerradas.

Confira o panorama da Covid-19 na Zona Sul
Até o início da noite desta segunda-feira, o total de infectados chegou a 84, em oito municípios. Confira:
- Pelotas: 49
- Rio Grande: 13
- Canguçu: 12
- São Lourenço: 5
- Piratini: 2
- Capão do Leão: 1
- Candiota: 1
- Jaguarão: 1


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados