Bom exemplo

Reforma de maquinários que seriam leiloados como sucata gera economia milionária a Rio Grande

Com investimento equivalente a 10% deste total, foram revitalizados equipamentos e veículos necessários para ações de manutenção da cidade

07 de Junho de 2022 - 11h03 Corrigir A + A -
(Foto: Eduardo Bozzetti - PMRG)

(Foto: Eduardo Bozzetti - PMRG)

Ao decidir investir na recuperação de viaturas e máquinas pesadas usando a própria equipe e estrutura, a Secretaria de Zeladoria de Rio Grande já conseguiu gerar uma economia de aproximadamente R$ 1,5 milhão aos cofres do município. Com investimento equivalente a 10% deste total, já foram revitalizados equipamentos e veículos necessários para ações de manutenção da cidade e, que agora, não precisam ser comprados.

“Se considerarmos que os itens iriam para leilão como sucata, só na patrola são R$ 800 mil de economia. Outros R$ 300 mil na caminhonete de iluminação e R$ 450 mil no caminhão caçamba, entre outros equipamentos que não temos recursos para a compra”, conta o secretário Marlon Soares.

Esses são os mais recentes veículos entregues pelo projeto, que desde o ano passado já recuperou 11 viaturas, entre carros, caminhões e máquinas pesadas até então consideradas sucatas e que pertenciam a secretarias extintas como Serviços Urbanos e Infraestrutura. Neste primeiro semestre de 2022, além dessas, a Secretaria concluiu a recuperação de um dos ônibus de transporte de colaboradores, entregue na última sexta-feira (3), junto com a patrola Caterpillar, o caminhão caçamba e a caminhonete para serviços de iluminação.

Ainda de acordo com Soares, coube à Zeladoria o investimento para a compra de peças e pagamentos de serviços que não poderiam ser feitos na oficina própria, como a manutenção dos motores. A equipe da secretaria também já recuperou outros equipamentos tais como caminhões-pipa, tratores, tanques reservatórios, uma prancha para transporte pesado e realizou reparos em outros veículos que estavam parados ou com problemas.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados