Inovação

Projetos de Pelotas e Rio Grande são selecionados pelo Iconicidades

Propostas dos municípios serão levadas aos concursos de arquitetura que compõem a segunda etapa

20 de Setembro de 2021 - 19h40 Corrigir A + A -
iniciativa do governo do Estado que visa tornar as cidades gaúchas mais empreendedoras, inovadoras e criativas. (Foto: Itamar Aguiar - Palácio Piratini)

iniciativa do governo do Estado que visa tornar as cidades gaúchas mais empreendedoras, inovadoras e criativas. (Foto: Itamar Aguiar - Palácio Piratini)

Cinco municípios foram selecionados na primeira etapa do projeto Iconicidades, iniciativa do governo do Estado que visa tornar as cidades gaúchas mais empreendedoras, inovadoras e criativas, além de estimular a retomada e a revitalização de espaços arquitetônicos simbólicos para estabelecimento desses novos negócios. Após as fases de habilitação e avaliação técnica, foram classificados para a próxima etapa as propostas apresentadas por Cachoeirinha, Pelotas, Rio Grande, Santa Maria e São Leopoldo. Três cidades figuram como suplentes: Novo Hamburgo, Bento Gonçalves e Porto Alegre.

“O propósito do Iconicidades é tornar o Rio Grande do Sul cada vez mais atraente para a população, neste caso especialmente por meio do fomento à inovação e da ressignificação de arquiteturas identitárias. As iniciativas apontadas pelos municípios selecionados estão plenamente alinhadas a esses objetivos”, avalia o secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Claudio Gastal.

Na segunda etapa do Iconicidades, cada município classificado terá sua proposta transformada em objeto de um concurso público de arquitetura, que convidará profissionais de todo o país a elaborar os projetos conceitual, executivo e de viabilidade para as intervenções necessárias às arquiteturas escolhidas.

“Nosso objetivo é lançar os concursos dentro de um prazo de até dois meses, de forma a conhecermos o quanto antes os planos de revitalização mais aderentes aos usos que cada município pretende. E, assim, alcançarmos às cidades participantes os resultados do melhor conhecimento técnico e criativo disponíveis”, afirma Hiparcio Stoffel, diretor-geral do Escritório de Desenvolvimento de Projetos (EDP), autarquia que gerencia a iniciativa.

As melhores ideias para cada espaço serão premiadas com valores entre R$ 10 mil e R$ 20 mil, além de contrato para desenvolvimento do projeto executivo para o primeiro colocado. Em contrapartida, os municípios assumirão o compromisso de executar as intervenções previstas e, posteriormente, coordenar localmente a iniciativa.

Lançado em 21 de junho, com participação do governador Eduardo Leite, o Iconicidades faz parte do Avançar, programa transversal que envolve as iniciativas com as quais o governo do Rio Grande do Sul pretende acelerar o crescimento econômico e incrementar a qualidade da prestação de serviços à população. Resultado de um ciclo de reformas estruturais, construído a partir de diálogo com a sociedade, o Avançar organiza as principais entregas da gestão 2019-2022, tendo como fundamento os resultados alcançados pela atual administração.

Saiba mais sobre as propostas:

Cachoeirinha
Espaço: Complexo Cultural Casa de Cultura
Proposta: Complexo Cultural Casa de Cultura

Pelotas
Espaço: antiga sede do Banco do Brasil
Proposta: Centro de Gastronomia

Rio Grande
Espaço: molhes da barra
Proposta: complexo turístico e de preservação ambiental

Santa Maria
Espaço: Clube dos Ferroviários
Proposta: Centro de artes e economia criativa

São Leopoldo
Espaço: Casa da Feitoria / Museu do Imigrante
Proposta: espaço destinado a turismo, atividades ligadas a esporte e lazer, feiras, empreendimento e eventos


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados