Evento

Projeto “Ondas de Natal” é apresentado à comunidade rio-grandina

Proposta integra a programação do projeto Cassino 4 Estações

13 de Outubro de 2021 - 11h22 Corrigir A + A -
Uma das solicitações feitas pelos presentes foi a descentralização e diversificação das atividades, de forma que as regiões nos arredores do Cassino também possam receber os eventos

Uma das solicitações feitas pelos presentes foi a descentralização e diversificação das atividades, de forma que as regiões nos arredores do Cassino também possam receber os eventos

A Prefeitura do Rio Grande, em parceria com a CDL, realizou a apresentação do projeto Ondas de Natal,  na sede da Sociedade Amigos do Cassino (SAC), proposta que integra a programação do projeto Cassino 4 Estações. Na oportunidade, estiveram presentes autoridades, comerciantes e comunidade em geral, que puderam conhecer um pouco mais das ações que estão sendo planejadas para as celebrações natalinas no Cassino.

De acordo com o gestor da Secretaria do Cassino, Sandro Oliveira (Boka), a proposta do Ondas de Natal é oportunizar uma opção de festejo natalino diferenciado, que esteja mais próximo da realidade em que vivemos em nosso país. “Queremos trazer as nossas características , a praia, o verão, os esportes, as nossas potencialidades, sem perder a magia do natal. A intenção é contar a história da chegada do Papai Noel na Praia do Cassino. Vamos ter uma pegada mais tropical, que é a nossa realidade. A partir de agora vamos aumentar a velocidade do trabalho para tornar realidade esse grande sonho, de fazer um evento que posicione a Praia do Cassino como o grande centro de comemorações de natal da Região Sul do Estado”, explicou.

Neste contexto, a reunião, que contou com a presença de cerca de 150 pessoas, marcou o “pontapé inicial” do Ondas de Natal. “Foi uma manhã muito legal, com uma participação muito importante da comunidade. Tenho certeza, vendo esse clima que se formou, que nós teremos um grande Ondas de Natal, um evento que vai ficar na história do Rio Grande e principalmente do Balneário Cassino”, afirmou o gestor.

Também sobre o tema, Oliveira ressaltou que o momento oportunizou a troca de ideias sobre a proposta com a comunidade. “Fizemos a apresentação da nossa ideia do projeto e a comunidade fez sugestões. Algumas já foram acolhidas e estamos colocando na nossa programação. O Ondas de Natal foi idealizado e realizado pela comunidade do Cassino. Por isso fizemos essa primeira reunião, para esse diálogo. Estamos criando grupos temáticos e neles a comunidade estará inserida”, frisou.

Uma das solicitações feitas pelos presentes foi a descentralização e diversificação das atividades, de forma que as regiões nos arredores do Cassino também possam receber os eventos. “ A avenida Rio Grande será o palco principal do Ondas de Natal, mas estamos analisando a realização de eventos também nos demais bairros. Queremos levar para o Bolaxa, Atlântico Sul, Parque Guanabara, entre outros, de forma que a gente possa inserir todas as comunidades na proposta. Essa foi uma sugestão que recebemos da comunidade. Achamos interessante e importante, e agora estamos planejando de que forma faremos isso”, contou.

Para o gestor da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer (SMCEL), Luis Henrique  Drevnovicz, a reunião foi muito importante para resgatar o caráter comunitário do Ondas de Natal. “A comunidade compareceu e se engajou, se ofereceu para trabalhar e ajudar no evento e eu acho que isso traz de volta esse espírito comunitário do Ondas de Natal. Só com a presença da comunidade, só ela tendo esse sentimento de pertencimento ao evento é que realmente vai funcionar e ser um polo de atração turística”, enfatizou o secretário.

O secretário municipal do Desenvolvimento, Inovação e Turismo (SMDIT), Gilberto Sequeira, também destacou a participação da comunidade na reunião, abraçando o evento. “O legal que a gente viu e pudemos sentir é que teve um engajamento e é isso que estávamos procurando, a motivação das pessoas. Consigo entender que o Ondas de Natal é da comunidade, de todos nós, buscamos o pertencimento de todos”, afirma Sequeira. Ele salienta, ainda ,a certeza de que haverá uma contribuição efetiva da comunidade para que o Projeto Ondas de Natal se torne realidade. “Conseguimos com êxito passar esse sentimento de que quem faz a festa somos todos nós. Todos temos que acreditar que o Ondas do Natal visa o crescimento do comércio, do emprego e renda, e de todo o turismo, para que possa ter um impulso”, apontou Sequeira.

Detalhes sobre a programação

Sobre o projeto, Oliveira adiantou que serão muitas atrações e eventos, como apresentações da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, águas dançantes e o desfile “Luzes de Natal”, que de acordo com o gestor será um dos pontos principais da programação. “Teremos cerca de 100 figurantes e carros que vão contar a história da chegada do Papai Noel na praia do Cassino. Vamos abordar o natal com as nossas peculiaridades”, acrescentou. O desfile está previsto para ocorrer nos sábados e domingos do mês de dezembro.

Além disso, o secretário revelou que estão sendo planejadas ações específicas em outros pontos, como em bares, restaurantes, pousadas e hotéis, visando a diversificação dos eventos, de forma a fomentar as comemorações natalinas no balneário. A programação ainda está sendo finalizada pela equipe organizadora.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados