Incentivo

Programa Saúde na Escola orienta crianças sobre Covid-19 e dengue em Rio Grande

Agentes municipais visitam três educandários e repassam, de forma lúdica e dinâmica, informações preventivas

24 de Junho de 2022 - 12h13 Corrigir A + A -
 (Foto: Divulgação - DP)

(Foto: Divulgação - DP)

Agentes de Saúde da UBSF São João em Rio Grande estão orientando crianças de três escolas da rede municipal sobre prevenção à Covid-19 e o combate à proliferação do mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikunguñya. As atividades iniciaram essa semana e fazem parte do Programa Saúde na Escola (PSE) e serão desenvolvidas em todas as turmas das três escolas. O programa insere profissionais da saúde dentro das salas de aula, fortalecendo o vínculo entre a unidade básica e a comunidade escolar. Nove agentes de Saúde realizam essa ação e as escolas atendidas são: Dom Pedro II, EMEI Tia Luizinha e São João Batista.

A faixa etária das crianças é de três a 11 anos e as orientações são repassadas de forma lúdica, dinâmica e interativa, como explica a coordenadora da UBSF São João, Simone Neves. “Essa foi a maneira para melhor entendimento e participação dos alunos diante dos temas expostos”, diz. De acordo com ela, as atividades visam melhorar a qualidade de vida, contribuindo na formação integral dos estudantes, por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à Saúde.

Covid e Dengue
Sobre a Covid-19 os agentes usaram fantasias ilustrando a forma do vírus e abordam temas como a necessidade de lavar as mãos, usar álcool gel e máscara. Em relação ao mosquito aedes aegypti, as fantasias também são artifícios usados pelos agentes para chamar atenção da criançada, que também assiste a um vídeo sobre os cuidados para evitar a proliferação do mosquito. O trabalho é complementado com a distribuição de material educativo.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados