Imunização

Prefeitura de Rio Grande intensifica vacinação nesta sexta-feira

Médicos, odontólogos e fisioterapeutas, na ativa, com idades entre 18 e 60 anos, começam a ser imunizados

12 de Fevereiro de 2021 - 09h04 Corrigir A + A -
 (Foto: Carlos Queiroz - DP)

(Foto: Carlos Queiroz - DP)

Com força-tarefa organizada, a Prefeitura de Rio Grande passa a vacinar contra o coronavírus, nesta sexta-feira (12), médicos, odontólogos e fisioterapeutas, na ativa, de 18 a 60 anos. A imunização será realizada nos prédios do Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFsul).

Os profissionais de saúde deverão apresentar a carteira do Conselho ao qual pertencem, comprovante de residência e cartão SUS, preferencialmente, para receber a dose. A vacinação para esse grupo ocorrerá das 9h às 19h.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que os demais profissionais de saúde, integrantes dos grupos anteriores, que ainda não se vacinaram, continuarão sendo imunizados, enquanto houver estoque.

Idosos nas UBSs

Na quinta-feira, os idosos com mais de 85 anos receberam senhas para vacinação nas sete UBSs destacadas pelo Município para atender essa faixa etária. Em cada Unidade, foram entregues 150 fichas. A Prefeitura reforçou o número de profissionais no atendimento e alcançou o total de 1.858 pessoas do grupo, vacinadas entre a quarta-feira (10) e esta quinta. A imunização prossegue sexta-feira (12), das 10h às 15h, com a distribuição de mais 150 senhas.

De acordo com a secretária de Saúde, Roberta Paganini, as UBSs localizadas na colônia estão listando as pessoas com mais de 85 anos para receber as doses.

"Esses idosos irão receber a vacina na UBS, que fará contato com eles para programar a imunização. Os acamados, cadastrados no site, que moram no interior, serão vacinados em domicílio", explica Roberta.

Números da vacinação

Pelotas recebeu 26.770 doses até agora, sendo que 19.862 ampolas já foram distribuídas para aplicação nos públicos orientados pelo governo estadual e 6.908 estão reservadas para distribuição.

Entre as reservadas, estão doses destinadas aos indígenas que não estavam nas aldeias no dia da imunização, para o drive-thru programado para este sábado (13), para segunda dose do primeiro grupo imunizado e para uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI), que registrou pessoas com sintomas gripais na data programada para vacinação. Há, também, um estoque de doses devolvidas pelas instituições, por motivo de férias ou doença dos profissionais.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados