Pandemia

Prefeito de Pedro Osório vai reduzir em 10% salário para combater coronavírus

Estão incluídos ainda os salários do vice-prefeito, secretários e cargos comissionados

30 de Março de 2020 - 15h33 Corrigir A + A -
A economia de R$ 10 mil por mês será aplicada em ações de combate ao coronavírus.  (Foto: Divulgação - DP)

A economia de R$ 10 mil por mês será aplicada em ações de combate ao coronavírus. (Foto: Divulgação - DP)

O prefeito de Pedro Osório, Moacir Otílio Alves, assinou nesta segunda-feira (30), um projeto de lei que vai reduzir o salário de prefeito, vice-prefeito, secretários e cargos comissionados em 10% para auxiliar o município no combate ao Covid-19.

O projeto, que também reduzirá o pagamento de funções gratificadas, irá arrecadar cerca de R$ 10 mil mensais, durante dois meses, que serão canalizados para ações municipais de combate ao Novo Coronavírus.

“Estamos vivendo um momento extremamente delicado, não só na área da saúde, mas também na economia. Visando melhorar nossas ações no combate ao Coronavírus, vamos canalizar parte dos nossos salários para auxiliar as pessoas que mais precisam no nosso município”, anunciou o prefeito Chola.

O valor será destinado para o combate ao Covid-19 e será utilizado especialmente nas áreas de Saúde e Assistência Social.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados