Melhorias

Obras de acesso a Cerrito entram na fase final

Previsão é de que a pavimentação da ERS-706 seja totalmente concluída no segundo semestre deste ano

27 de Abril de 2022 - 11h21 Corrigir A + A -
Investimento do Estado é de R$ 3,7 milhões (Foto: Divulgação - DP)

Investimento do Estado é de R$ 3,7 milhões (Foto: Divulgação - DP)

Os moradores de Cerrito, município da Zona Sul, estão a poucos meses de receber o acesso ao município pavimentado em toda a extensão. Segundo o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), vinculado à Secretaria de Logística e Transportes, o asfaltamento dos três quilômetros restantes, do total de 14 da ERS-706, está em ritmo acelerado.

Por meio do Plano de Obras 2021-2022 do programa Avançar, o governo do Estado está investindo R$ 3,7 milhões na rodovia. Os serviços compreendem terraplenagem, implantação de dispositivos de drenagem, pavimentação e sinalização.

“Após a finalização dessas etapas, conseguiremos atender a uma demanda antiga da comunidade e melhorar o deslocamento dos mais de seis mil habitantes de Cerrito, especialmente aos municípios vizinhos, como Pedro Osório e Morro Redondo”, salienta o diretor-geral do Daer, Luciano Faustino.

De acordo com o dirigente, a obra resultará em impactos positivos na economia local. “As melhorias nas condições do acesso devem facilitar o escoamento da produção agropecuária, voltada à criação de gado da raça Jersey e outras matrizes leiteiras responsáveis por fornecer em torno de nove milhões de litros de leite por ano”, acrescenta Faustino. “Também esperamos contribuir com as pequenas propriedades rurais e minifúndios, que se destacam pela produção de milho, soja, pêssego arroz e a avicultura”, afirma o diretor-geral.

O diretor de Infraestrutura Rodoviária do Daer, Richard Polo, estima a finalização dos serviços para o segundo semestre de 2022. “As máquinas chegaram à rodovia em julho do ano passado, tendo prazo de um ano para o término do trabalho. O cronograma está com excelente andamento, pois já executamos 95% da terraplenagem, 90% da drenagem e 70% da base do pavimento”, detalha. “Nesse ritmo, será possível iniciar o revestimento asfáltico em maio e, na sequência, instalar a sinalização para entregar a ERS-706 com conforto e segurança aos usuários”, projeta Polo.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados