Zona Sul

Novos estudantes de todos os campi têm direito a solicitar auxílios do Subprograma de Assistência Básica

Conheça os benefícios que promovem a inclusão de alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica

30 de Agosto de 2021 - 16h13 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Os auxílios do Subprograma de Assistência Básica (SAB) são uma ferramenta indispensável no combate à evasão estudantil (Foto: Divulgação - DP)

Os auxílios do Subprograma de Assistência Básica (SAB) são uma ferramenta indispensável no combate à evasão estudantil (Foto: Divulgação - DP)

O sonho de ingressar e permanecer em uma universidade pública e conquistar uma formação é o combustível que incentiva milhares de pessoas a seguir em frente diariamente. Na Universidade Federal de Rio Grande (Furg), mais de 13 mil estudantes fazem parte de uma única engrenagem. As partes, entretanto, são ímpares e não funcionam da mesma maneira. Desta forma, os auxílios estudantis são uma importante ferramenta na busca por equidade. A instituição promove diversas ações específicas para o atendimento da população estudantil com vulnerabilidade socioeconômica.

Os auxílios do Subprograma de Assistência Básica (SAB) são uma ferramenta indispensável no combate à evasão estudantil. Segundo a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae), nos últimos dois anos a adesão foi de mais de mil estudantes. Joice Maurell, coordenadora de Acompanhamento e Apoio Pedagógico ao Estudante da Furg, destaca a importância de diferenciar os auxílios emergenciais, criados durante a pandemia, e o SAB. Os benefícios do subprograma garantem o apoio estudantil ao longo de toda a graduação e permanecerão após o retorno do período presencial. 

O auxílio-transporte, por exemplo, está suspenso, mas a execução será realizada após o retorno das atividades presenciais ou híbridas. Por esse motivo, é importante que os estudantes com direito ao benefício realizem a solicitação mesmo sem o recebimento imediato. “É muito importante que os estudantes saibam que precisam estar deferidos em edital, para conseguir utilizar os benefícios, quando for possível e necessário”, explica Joice. A coordenadora ressalta que os ingressantes que comprovaram baixa renda durante a matrícula não precisam realizar o processo comprobatório novamente. 

A estudante Emanuelly Moura, do curso de Enfermagem, reforça a importância do Subprograma de Assistência Básica para a continuidade na universidade. “Desde o momento que ingressei na graduação, em 2019, esse foi um recurso que busquei para que tivesse condições de permanecer estudando. Custos de transporte e alimentação durante o período das aulas facilitam a evasão de muitos colegas, então os benefícios foram muito importantes para que eu conseguisse me manter”, diz Emanuelly.

Editais

O período de inscrições vai até 3 de setembro, via Sistemas Furg. Para auxiliar, a Prae desenvolveu um tutorial para a inscrição.

Os estudantes que solicitarem os benefícios devem estar atentos aos editais de cada campus que descrevem os auxílios disponibilizados em 2021. A Prae esclarece que auxílios pecuniários consistem no pagamento em dinheiro do valor proporcional ao benefício.

Para os estudantes de Rio Grande, estão disponíveis os auxílios Alimentação, que será disponibilizado por meio de refeições no Restaurante Universitário mais próximo ao local de atividades, Infância, Transporte e Moradia Estudantil, destinado para Casa do Estudante Universitário (CEU).

O Campus Santa Vitória do Palmar disponibiliza aos estudantes os auxílios Alimentação Pecuniário, Infância, Transporte Pecuniário e Moradia Estudantil, na Casa do Estudante Universitário (CEU).

Estudantes do Campus Santo Antônio da Patrulha podem solicitar os auxílios Alimentação Pecuniário, Infância, Transporte Pecuniário e Moradia Estudantil Pecuniário.

O Campus São Lourenço do Sul oferta os auxílios Alimentação Pecuniário, Infância, Transporte Pecuniário e Moradia Estudantil, disponibilizado para a Casa do Estudante Universitário (CEU).


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados