Impasse

Noiva do Mar deixará de atuar em Rio Grande

Prefeitura não renovou contrato com a empresa alegando uma série de fatores. Transpessoal irá assumir as linhas até nova licitação

13 de Maio de 2022 - 20h36 Corrigir A + A -
Trabalhadores realizaram protesto (Foto: Álvaro Guimarães - PMRG)

Trabalhadores realizaram protesto (Foto: Álvaro Guimarães - PMRG)

A prefeitura de Rio Grande informou, em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (13), a não renovação do contrato com a empresa de transportes Noiva do Mar. A explicação para a decisão foi uma série de problemas. Entre os pontos citados em nota, estão o não pagamento de salários e direitos trabalhistas, a precarização do serviço e a falta de manutenção dos veículos. A Transpessoal, responsável pelas demais linhas do município, irá assumir o sistema de transporte coletivo até a escolha da próxima empresa, em licitação ainda sem data para ser realizada.

O prefeito Fábio Branco (MDB) se pronunciou junto do Secretário de Mobilidade, Acessibilidade e Segurança, Anderson Castro, e do Procurador-Geral, Ênio Fernandez Jr. De acordo com Branco, a Transpessoal confirmou ter capacidade para assumir as 23 linhas em operação. Já Castro ressaltou que poderão ocorrer transtornos neste momento de transição, mas aponta que o governo pretende ter agilidade durante o período.

A prefeitura alertou, também por meio de nota, que algumas linhas poderão ter atrasos ou falta, devido aos protestos dos trabalhadores vinculados à Noiva do Mar. "A Secretaria de Mobilidade, Acessibilidade e Segurança trabalha para garantir que a transição entre a saída da empresa e a entrada em serviço da Transpessoal em todas as linhas aconteça o mais rápido possível", diz o material.

Em vídeo divulgado pela comunicação do governo, Branco diz que as reclamações da população pesaram na decisão. "Tomei essa decisão tendo em vista todas as dificuldades que estão ocorrendo, sejam operacionais, de pagamentos dos colaboradores, muitas reclamações, falta de investimento... entendo que temos que virar a página. Vamos fazer uma programação de novo processo licitatório", conclui.

Trabalhadores protestam
Ao longo da tarde, parte dos 224 funcionários da Noiva do Mar realizou protesto no Centro da cidade. Imagens nas redes sociais mostravam ônibus da empresa trancando ruas. Em vídeo gravado por Eduardo Bozzetti, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Rio Grande, Fábio Machado, diz que houve uma reunião com o Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região. No entanto, a Transpessoal disponibilizou 102 vagas, menos da metade do necessário para alocar todo mundo. "Estamos passando por uma situação de tentar que esses trabalhadores sejam realocados na outra empresa."

Troca e nova licitação
A prefeitura confirmou que a Noiva do Mar deixará de operar na madrugada de sábado para domingo. O município também afirma que trabalha por uma nova licitação, com o processo em fase de contratação da Furg, que irá auxiliar o município na elaboração de um plano de Mobilidade Urbana e na questão do transporte. Conforme Branco, o processo anterior também foi suspenso.

Noiva do Mar não se pronuncia
A assessoria de imprensa da empresa Noiva do Mar foi procurada pela reportagem do Diário Popular, mas a direção da empresa não se pronunciou.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados