Combate

Modelo de máscaras produzidas na Furg é aprovado por profissionais de saúde

Máscaras irão atender demandas das cidades de Rio Grande, São José do Norte e Santa Vitória do Palmar

26 de Março de 2020 - 16h24 Corrigir A + A -

Na tarde da última quarta-feira, 25, três modelos de máscaras de proteção face shield (do tipo escudo) foram entregues pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG) para a avaliação de profissionais de saúde do Hospital Universitário Miguel Corrêa Jr (HU-FURG/Ebserh). Aprovadas pelos profissionais, as face Shields serão produzidas em escala maior para atender a demanda dos municípios de Rio Grande, São José do Norte e Santa Vitória do Palmar, no extremo sul do Estado.

O trabalho é feito pelo ITecCorona, grupo composto por professores, técnicos, estudantes e egressos da FURG para pensar soluções em tecnologia e automação para a pandemia gerada pelo Covid-19 e integra a iniciativa da Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação (Reginp) para a fabricação em 3D de escudos faciais e outros equipamentos de proteção nos ambientes de inovação do Estado.
De acordo com Letieri Ávila, professor da Escola de Engenharia e um dos coordenadores do projeto “a produção começou ontem (quarta) mesmo. Pretendemos entregar as 100 primeiras máscaras entre hoje e amanhã”, aponta o docente.
Paulo Drews, professor do C3 e também coordenador do projeto, explica que os novos modelos foram baseados em face Shields usados tanto no Brasil quanto em outros países, e que, após as avaliações dos profissionais que farão uso do equipamento, fizeram adaptações para demandas específicas de ergonomia, de modo a facilitar sua utilização. “Atualmente somos mais de 30 pessoas envolvidas no projeto, e contamos com a ajuda de egressos e de outras instituições como o IFRS, IFSUL e outros não vinculados”, pontua e completa “são 12 impressoras particulares e de instituições prontas para produção”.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados