Estragos

Incêndio consome mais de 500 hectares em Santa Vitória do Palmar

As áreas mais atingidas foram Vila Verde e Praia das Maravilhas em Hermenegildo

12 de Dezembro de 2019 - 12h30 Corrigir A + A -

Por: Cíntia Piegas
cintiap@diariopopular.com.br 

Bombeiros tiveram dificuldades de chegar em alguns locais. (Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação - DP)

Bombeiros tiveram dificuldades de chegar em alguns locais. (Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação - DP)

*Atualizada às 16h48min para acréscimo de informações

Pelo menos 500 hectares de áreas distintas foram atingidos por focos de incêndio iniciados na terça-feira (10), em Santa Vitória do Palmar. Uma delas foi a Vila Verde, na praia do Hermenegildo. Segundo o coordenador da Defesa Civil, Jorge Alex Martins, a área é de difícil acesso por se tratar de um terreno arenoso e por conter muitas acácias. "Foi preciso uma retroescavadeira, uma vez que o caminhão dos bombeiros não chegava no local", disse Martins.

Na quarta à noite, outro foco surgiu na Praia das Maravilhas. As chamas foram contidas somente na manhã de quinta-feira após um longo trabalho na madrugada. Os bombeiros usaram a estrutura da unidade - um caminhão e três militares - e contaram ainda com a ajuda da Defesa Civil e das prefeituras de Santa Vitória do Palmar e do Chuí, que cederam maquinário e servidores. Ainda segundo Martins, o início das queimadas teria sido causado pela queima de lixo feita por um morador.

Por todos os lados

Além da fumaça do incêndio em Santa Vitória, os moradores da Barra do Chuí também convivem com a fumaça vinda do lado uruguaio. Nesta quinta, ao longo do dia, o fogo esteve fora de controle no balneário La Esmeralda, a cerca de 60 quilômetros do Chuí. O vento forte espalhou as chamas e foi necessária a evacuação de residências, de acordo com o departamento de Rocha. "Ainda é longe, mas a fumaça já chegou forte por aqui. Parece neblina. E parece estar subindo", comentou o jornalista Marcelo Pires, morador da Barra do Chuí.

Fake news

Por causa de notícias desencontradas que circulam pelas redes sociais e em grupos do WhatsApp sobre a propagação das chamas, a prefeitura de Santa Vitória do Palmar emitiu um nota oficial. No texto, o município informa o Corpo de Bombeiros é a única organização capacitada para orientar os procedimentos a serem adotados na contenção do fogo e diz que a corporação tem recebido apoio incondicional do Executivo no que diz respeito ao empréstimo de maquinários e deslocamento de servidores. A nota valoriza a ajuda vinda do Chuí e garante que o Poder Público continuará "atento e prestativo" até que as chamas sejam totalmente contidas.

Confira o trabalho de contenção do fogo nas imagens do jornalista Marcelo Pires, da La Zica Produções:


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados