Zona Sul

Guarda Municipal do Rio Grande participa de curso Inteligência e Segurança Pública

As aulas acontecem na cidade de Canoas e são ministradas pela superintendente da ABIN no Estado, Marina Molon

21 de Outubro de 2021 - 16h52 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Além da GM do Rio Grande, outros 12 municípios gaúchos participam do curso que tem 45horas/aula (Foto: Divulgação - DP)

Além da GM do Rio Grande, outros 12 municípios gaúchos participam do curso que tem 45horas/aula (Foto: Divulgação - DP)

De 18 a 22 de outubro, a Guarda Municipal (GM) do Rio Grande, juntamente com outros 22 órgãos, recebe um curso de Inteligência em Segurança Pública, contrainteligência, análise e processamento de dados e operações de inteligência. As aulas acontecem na cidade de Canoas e são ministradas pela superintendente da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) no Estado, Marina Molon.

Além da GM do Rio Grande, outros 12 municípios gaúchos participam do curso que tem 45horas/aula. Sobre o envolvimento da GM do Rio Grande com ações de inteligência, a Secretaria de Mobilidade e Segurança (SMMAS), esclarece que faz parte do planejamento estratégico da gestão, a busca pela qualificação dos servidores e serviços desenvolvidos pela GM, por meio cursos de capacitação. Conforme a SMMAS, o movimento de aprimorar os serviços é necessário e importante, uma vez que é objetivo da Administração oferecer o melhor atendimento à comunidade.

Assim, o curso que encerra nesta sexta-feira, busca possibilitar que os participantes conheçam métodos de atividades de Inteligência e saibam utilizá-los na prática, dentro da realidade de cada município.

Em relação a capacitação, a superintendente da ABIN, Marina Molon, diz que é competência da Agência formar recursos humanos na área. “As iniciativas de criação de núcleos de Inteligência dentro das guardas municipais são louváveis e devem ser incentivadas. Os guardas atuam muito próximos da sociedade local e são agentes de grande importância na coleta de informações de interesse para os diversos órgãos de segurança pública e afins. O Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin) só tem a ganhar com a atuação das guardas municipais em proveito da nossa atividade”,  falou.

O curso é uma promoção da Secretaria Municipal de Segurança Pública de Canoas em parceria com a ABIN, Polícia Civil, Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira (Base Aérea), Diretoria de Inteligência e Análise Criminal de Canoas e Guarda Municipal de Porto Alegre. Além da superintendente da ABIN, outros profissionais que atuam nos órgãos e instituições parceiras estarão compartilhando seu conhecimento com os alunos.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados