Retomada

Furg volta a analisar exames para Covid-19

Kits de extração, suficientes para o processamento de duas mil amostras, foram disponibilizados pelo Lacen

15 de Setembro de 2020 - 09h23 Corrigir A + A -
Trabalho do Ladi garante velocidade aos resultados (Foto: Andréia Pires - Furg)

Trabalho do Ladi garante velocidade aos resultados (Foto: Andréia Pires - Furg)

A semana começa com boa notícia para Rio Grande e região: o Laboratório de Apoio Diagnóstico em Infectologia (Ladi) do Hospital da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg) recebeu os insumos necessários para processar os exames para Covid-19, tipo RT-PCR. A testagem estava suspensa devido à falta de kits de extração. A retomada só foi possível após o recebimento de material disponibilizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen), já que o HU-Furg faz parte como rede de apoio.

O Ladi recebeu kits para o processamento de duas mil amostras, o suficiente para realizar testagens por cerca de um mês. O laboratório é referência para a análise de casos suspeitos da doença para os 21 municípios da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde (3ª CRS). E o mais importante: o trabalho do HU-Furg garante agilidade aos resultados que, em geral, têm sido liberados em prazo de até 48 horas.

Desde a inauguração, em 9 de junho, o Ladi vinha processando as amostras com kits de extração adquiridos com recursos da Furg, que chegou a desembolsar em torno de R$ 80 mil. Foram processados 3,2 mil testes para identificação do novo coronavírus. É importante ressaltar que, em alguns casos, é realizada mais de uma análise por paciente, repetindo o teste em uma mesma amostra para dar um diagnóstico.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados