Intervenção

Duplicação da ERS-734 tem início em Rio Grande

Ordem para o começo das obras foi assinada na manhã de sexta-feira pelo governador do Estado

10 de Junho de 2022 - 19h39 Corrigir A + A -
Rodovia é um dos principais acessos a Rio Grande (Foto: Gustavo Mansur - Palácio Piratini - DP)

Rodovia é um dos principais acessos a Rio Grande (Foto: Gustavo Mansur - Palácio Piratini - DP)

O governador Ranolfo Vieira Júnior (PSDB) assinou a ordem de início, na manhã desta sexta-feira (10), das obras de duplicação da ERS-734, em Rio Grande. A intervenção diz respeito à travessia urbana da cidade e tem 6,53 quilômetros.

A duplicação do trecho entre o entroncamento com a BR-392 e o pórtico de entrada ao município vai garantir o deslocamento mais célere e seguro aos usuários pelo principal acesso a Rio Grande. O investimento será de cerca de R$ 51,6 milhões, com recursos do programa Avançar, e as obras têm prazo de 18 meses para serem executadas.

"A duplicação dessa via é muito importante, não só para a região, mas para todo o Estado, além de ser uma demanda de quase 50 anos da comunidade. Representa segurança viária e mobilidade urbana para Rio Grande. O Estado tem o recurso necessário, está no nosso organograma financeiro e, assim, tudo indica que a obra será executada no tempo previsto. É mais uma entrega do nosso programa Avançar que, em um ano, reúne investimentos de R$ 6,4 bilhões em todas as áreas", destacou o governador.

O projeto executivo da duplicação da ERS-734 foi concluído em junho de 2021. Inicialmente, estava prevista a duplicação de cinco quilômetros da ERS-734, especificamente na via que dá acesso à zona urbana de Rio Grande. O projeto também contempla ciclovia e iluminação. Depois de concluída, a obra deve ser municipalizada _ ou seja, entregue ao município.

O ato de assinatura contou com a participação dos secretários Luiz Gustavo de Souza (Logística e Transportes), Marjorie Kauffmann (Meio Ambiente e Infraestrutura), do diretor-geral do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), Luciano Faustino, do presidente da Portos RS, Cristiano Klinger, do gerente de planejamento da empresa pública Fernando Estima, e do prefeito de Rio Grande, Fábio Branco (MDB), entre outras autoridades.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados