Zona Sul

"Drive thru" é aprovado e deverá ser mantido paras as próximas etapas de vacinação em Rio Grande

Ação foi planejada como medida de prevenção ao Covid-19

03 de Abril de 2020 - 14h01 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Enfermeiras se deslocaram até os veículos para aplicação das doses (Foto: Divulgação - DP)

Enfermeiras se deslocaram até os veículos para aplicação das doses (Foto: Divulgação - DP)

A Campanha de Vacinação contra a gripe em Rio Grande contou com uma novidade durante a aplicação do segundo lote recebido: a modalidade drive thru. Assim, as pessoas integrantes do público alvo deste momento da vacinação (idosos e trabalhadores da área da saúde) tiveram a oportunidade de receber as doses dentro de seus veículos.  

A ação foi planejada como medida de prevenção ao Covid-19, evitando aglomerações de pessoas durante a espera pela vacinação. Para isso, as enfermeiras em atendimento no local se deslocavam até os veículos para a aplicação das doses. A Secretaria de Mobilidade, Acessibilidade e Segurança (SMMAS) auxiliou na organização nas pessoas que foram até o local em seus veículos para a vacinação.   

A atividade ocorreu na Rua Buarque de Macedo (Estação Férrea) e teve intensa procura. Para o secretário de Saúde, Maicon Lemos, a escolha pela modalidade drive thru está “aprovadíssima”. Ainda conforme Lemos, a proposta fui um sucesso e uma nova edição deverá ser realizada assim que o município receber outros lotes para a vacinação. 

Segundo a enfermeira do Núcleo de Imunizações da Secretaria de Saúde (SMS), Lílian Rosinha, a iniciativa foi bem aceita pela população e o trabalho só foi interrompido pois as doses esgotaram.   Às 11h, duas horas após o início da vacinação, todas as 400 doses disponíveis no local já haviam sido aplicadas. 

Objetivo e importância da vacinação  

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza tem como objetivo reduzir a mortalidade, as complicações e as internações decorrentes das infecções pelo vírus influenza na população alvo da vacinação.  

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar a complicações graves e ao óbito, especialmente nos grupos de alto risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais). 

Vacina da Influenza e o Coronavírus 

A vacina da Influenza não previne o Coronavírus. As autoridades, porém, avaliam que a imunização facilita o diagnóstico, assim como a diferenciação dos casos quando há sintomas como febre e tosse. É por isso que Ministério da Saúde antecipou a vacinação anual de gripe no Brasil. 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados