Pandemia

Aulas e atividades na Furg seguem suspensas

Universidade atualizou plano de contingência para o coronavírus e manteve o cancelamento

13 de Novembro de 2020 - 10h13 Corrigir A + A -
Postergado. Segundo semestre deste ano será de fevereiro a maio de 2021

Postergado. Segundo semestre deste ano será de fevereiro a maio de 2021

Aulas, eventos e atividades extracurriculares presenciais seguem suspensas na Universidade Federal do Rio Grande (Furg) por mais um semestre. Conforme prevê o Calendário Emergencial 2020-2021, o segundo semestre referente a 2020 inicia em fevereiro e encerra em maio de 2021. A decisão foi tomada nesta semana após reunião do Comitê de Monitoramento do Coronavírus (Covid-19) da Furg, que atualizou o Plano de Contingência da universidade.

Apesar da manutenção da suspensão das atividades presenciais, extracurriculares e de eventos até o final do segundo semestre, o Comitê abriu uma excepcionalidade quanto às atividades acadêmicas práticas presenciais que sejam essenciais aos anos finais dos cursos de graduação e pós-graduação, desde que sejam aprovadas pelos Conselhos das Unidades Acadêmicas a que os cursos estejam vinculados e cumpram o disposto no Plano de Contingência e as orientações do Protocolo de Ações de prevenção à Covid-19 na universidade, elaborado pela Comissão de Proteção e Cuidado.

Além disso, na atualização do Plano há adequações das medidas coletivas e individuais de prevenção e proteção nos ambientes institucionais. Dois anexos foram incluídos no documento, o Protocolo de Ações de prevenção à Covid-19 na Furg e o Mapeamento de Risco dos Ambientes Universitários (Riscômetro).

Para o vice-reitor Danilo Giroldo, presidente do Comitê, as atualizações no Plano são importantes para orientar a comunidade acadêmica em relação à evolução da pandemia de Covid-19 nos municípios em que a Furg está presente. “O momento ainda é de alto risco, portanto as excepcionalidades devem ser bastante restritas, somente envolvendo as atividades práticas não adaptáveis ao modelo remoto e que sejam estritamente essenciais aos anos finais dos cursos de graduação e pós-graduação, a critério do Conselho das Unidades Acadêmicas”.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados