Zona Sul

34º Reponte da Canção ocorre em abril de 2022

Evento acontece no Galpão Crioulo do Camping Municipal da Lagoa, em São Lourenço do Sul

12 de Julho de 2021 - 18h13 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Reunião aconteceu nesta segunda-feira (Foto: Divulgação - DP)

Reunião aconteceu nesta segunda-feira (Foto: Divulgação - DP)

O Reponte da Canção, festival que é um dos maiores e principais eventos nativistas do estado do Rio Grande do Sul, terá sua 34ª edição no próximo mês de abril. Em reunião com o prefeito de São Lourenço do Sul, Rudinei Härter (PDT) nesta segunda-feira (12), a Comissão Executiva, composta por Cristian Iepsen - Secretário Especial de Gabinete, Fabiana Duarte da Silva - Coordenadora de Cultura, Fernanda Helms - Secretária Adjunta de Turismo, Indústria e Comércio, Fábio Abbud - Gestor de Projetos, Simone Leite - Coordenadora de Eventos da Secretaria de Turismo Indústria e Comércio e Márcio Brum - da Coordenadoria de Cultura, definiu que o evento ocorrerá no Galpão Crioulo do Camping Municipal da Lagoa, na margem direita do arroio São Lourenço, nos dias 8 e 9 de abril de 2022. Paralelamente ao 34º Reponte da Canção, ocorrerá o 26º Pérola em Canto, evento em âmbito municipal, que funciona como classificatória para o Reponte. 


O evento, que ocorreria em 2020 e foi cancelado devido a pandemia de Covid-19, já possui músicas classificadas. Os jurados analisaram 683 músicas, 595 inscritas para o Reponte e 88 para o Pérola em Canto. Vera Vargas, Xirú Antunes e Jairo Lambari Fernandes são os jurados da linha Campeira, e definiram cinco classificadas para cada um dos festivais. Danilo Kuhn, Kininho Dornelles e Alan Otto Redü são os jurados da linha Manifestação Regional e também definiram cinco classificadas para cada um dos festivais. A Comissão Executiva irá verificar se as canções continuam sendo inéditas, sendo desclassificadas caso contrário.

A composição fotográfica do cartaz foi mantida, e representa as duas Linhas do 34º Reponte - Campeira, que versa sobre os usos e costumes das lides de campo, representando as raízes da cultura gaúcha, e Manifestação Regional, onde as composições terão maior liberdade na escolha dos temas e também dos ritmos e instrumentos, respeitando a cultura gaúcha e grande pampa.

O cartaz, por mostrar as belezas da Laguna dos Patos, também se conecta com duas das temáticas que serão premiadas no Festival - 'Melhor Tema Litorâneo' e 'Melhor Tema Ambiental'. Além da temática litorânea e ambiental, o 34º Reponte da Canção premiará também a melhor composição sobre a temática 'Mulher Gaúcha'.

Popularizando a arte e a cultura regional e nativista, o 34º Reponte da Canção terá ingressos a preço popular. Ao contrário dos anos anteriores, o Festival terá apenas a entrada Geral. Não haverá comercialização de mesas e cadeiras, com o objetivo aproximar a comunidade dos intérpretes e instrumentistas.

O ingresso, de valor único, será vendido por dia, não havendo vendas por "pacote" dos ingressos. O Festival disponibilizará cadeiras, que serão ocupadas por ordem de chegada pelos amantes da música. Servidores Públicos da Prefeitura de São Lourenço do Sul terão direito de acessar o 34º Reponte da Canção livremente, bastando apenas se identificar na entrada do Festival com documento de identidade. Crianças de até sete anos também tem acesso livre ao Festival. Idosos e estudantes pagam meia-entrada, mediante comprovação.

Classificadas Reponte da Canção

Linha Campeira

Escrevo versos em ti – Milonga com letra de Gujo Teixeira, de Lavras do Sul e música de Joca Martins, de Faxinal do Soturno

Pealador – Aire Chacarera com letra de Adriano Silva Alves, da cidade de Lages e música de Edilberto Bérgamo, de São Sepé

Nós – Milonga com letra de Frederico Cardoso Pinto, de Pelotas e música de Rui Carlos Ávila, de Pelotas

Romanceiro do Jasmim – Milonga com letra de Guilherme Collares, de Bagé e música Marcelo Oliveira, de Gravataí

Outra Manhã – Chamamé com letra de Igor Mastoiano, de Lavras do Sul e música de Fábio Peralta, de Dom Pedrito

 

Linha Manifestação Regional

Sopapeando – Canção batucada com letra de Carlos Roberto Hahn, de Nova Tramandaí e música de Kako Xavier, de Pelotas

Romance do Pescador - Aire de Landó, com letra e música de Roberto Borges, de Santa Vitória do Palmar

Bambaquererê Sinhá – Vaneira com letra de Diego Müller e Martim César, de Canoas e música de Érlon Péricles, de Porto Alegre

O engraxate – Canção com letra de Rômulo Chaves, de Palmeira das Missões e música de Aline Ribas e Rafael Cardozo, de Pelotas e Porto Alegre

Originários – Canção com letra de Fernando Herley Lacerda Saldanha Filho, de Uruguaiana e música Rodrigo Morales, de Uruguaiana

Classificadas Pérola em Canto

Linha Manifestação Regional

Ondas de saudade – Milonga com letra de Luis Antônio Weber e música de Guerda Maria Kuhn

Sinal de lamento – Milonga com letra e música de Artur E. Presser

Tempo, amigo velho - Canção com letra de José Ricardo Venzke de Freitas e música de Vilson Maglione de Freitas da Silva

Navegando sonhos – Maçambique com letra e música de Fernando Teixeira

Refugando o cabresto – Chamamé com letra e música de Mário Roberto Venzke de Freitas

 

Linha Campeira

Escuta, pois, esta gaita – Chamamé com letra de Lauri Lopes e música de José Fernando Saalfeld

Filho da saudade – Milonga com letra de Tiago Guilherme Iepsen e música de Rafael Santos Rosa

Jeito – Valseado com letra e música de Mauro Ubiratan Pereira da Rosa

Pra findar na tua morada – Milonga com letra e música de Tiago E. da Rosa

“Menas” que zero – Vaneira com letra e música de Ricardo Santos Rosa


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados