Tecnologia

Incubada do Ciemsul cria projeto de automatização para a Prefeitura

Projeto automatizou o controle da climatização e da segurança da Companhia de Informática de Pelotas

09 de Setembro de 2021 - 16h41 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Incubada no Ciemsul, há cerca de um ano, a Dreamtech é agora a responsável pela climatização, via inteligência artificial,  do local onde ficam os processadores de dados da Companhia (Foto: Divulgação - DP)

Incubada no Ciemsul, há cerca de um ano, a Dreamtech é agora a responsável pela climatização, via inteligência artificial, do local onde ficam os processadores de dados da Companhia (Foto: Divulgação - DP)

Um projeto realizado por uma empresa integrada ao Centro de Incubação de Empresas da Região Sul (Ciemsul) da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) modernizou o funcionamento de duas áreas da Companhia de Informática de Pelotas (Coinpel). A Dreamtech criou um sistema que automatizou o funcionamento da climatização e da segurança da empresa ligada à Prefeitura de Pelotas.

Incubada no Ciemsul, há cerca de um ano, a Dreamtech é agora a responsável pela climatização, via inteligência artificial,  do local onde ficam os processadores de dados da Companhia. O projeto controla o funcionamento dos aparelhos de ar condicionado, assim como notifica remotamente os responsáveis pelo data center sobre a situação do local. A solução  garante que os condicionadores de ar façam o ciclo de funcionamento de forma independente. Para o controle do ambiente foram instalados sensores de temperatura, umidade e fumaça. “Todos esses sensores trabalham juntos. Então, toda e qualquer situação que venha acontecer no data center que não esteja dentro dos parâmetros, os responsáveis pelo setor serão notificados através dos seus dispositivos móveis. Com isso eles conseguem, remotamente, saber como está o local- a temperatura, qual ar está funcionando-, eles conseguem, inclusive, visualizar a sala”, explica a engenheira de computação da Dreamtech, Rociele Prietsch, responsável pelo projeto. 

O sistema ainda tem a capacidade de detectar a causa de um possível desligamento dos equipamentos de ar condicionado, como falta de energia, por exemplo.

Segurança também automatizada

Além da climatização, o projeto criado pela Dreamtech para a Coinpel também automatizou o controle de acesso aos setores da Companhia. Fechaduras eletrônicas instaladas nas portas registram a entrada e saída de pessoas de diferentes áreas da empresa.

Incubada da UCPel

O diretor-presidente da Coinpel, Leandro Félix, explica que havia necessidade de realizar a automatização, já que a empresa não tinha a capacidade adequada para  monitorar os equipamentos. Com um contrato de um ano de prestação do serviço, a Dreamtech tornou possível esse processo através da automação. A incubada do Ciemsul foi contratada por dispensa de licitação pela peculiaridade do serviço. “ A Dreamtech acabou sendo a nossa primeira opção por sabermos que é uma empresa que executa um serviço de excelência e com a chancela da UCPel que tem um histórico ao apoiar empresas que estão começando”, destaca Félix. 

A vantagem de fazer parte do Ciemsul

Rociele salienta que ser uma incubada do Ciemsul é de extrema importância para o desenvolvimento de projetos como esse destinado à automação do data center e do controle da segurança da Coinpel. A engenheira ainda destaca que o Ciemsul capacita o empreendedor para que ele se sinta seguro. “O suporte do Ciemsul é importante, afinal de contas estamos dentro do Parque Tecnológico, junto à Universidade Católica de Pelotas, isso proporciona ao cliente uma maior segurança, sabendo que a nossa empresa tem o respaldo da universidade”, conclui a engenheira. 




Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados