Educação

Ed Tech: a expansão do acesso ao conhecimento via tecnologia

A junção entre educação e tecnologia se tornou realidade em um mundo cada vez mais globalizado

08 de Outubro de 2021 - 08h06 Corrigir A + A -

Por: K2. – Assessoria e Comunicação Digital

contato@k2ponto.com.br

Imagem: Freepik

Imagem: Freepik

Quando você ouve a palavra EdTech, o que vem à mente?

Se você pensou em ensino a distância (EaD), teve meio acerto, pois vai além disso. 🤓

Por mais que o termo EdTech pareça estar relacionado ao EaD, eles não são a mesma coisa.

EdTech é a junção das palavras education (educação) e technology (tecnologia), e diz respeito às empresas que desenvolvem soluções tecnológicas para a educação.

Em um cenário de globalização e desenvolvimento do mundo digital, profissionais da educação têm procurado cada vez mais por maneiras de expandir o acesso ao conhecimento e engajar seus estudantes.

Neste contexto, o setor de EdTech é um terreno fértil para empresas de tecnologia desenvolverem ferramentas específicas para essas demandas.

De acordo com uma pesquisa elaborada em conjunto pelo Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB) e pela Associação Brasileira de Startups (Abstartups), há duas características principais nas EdTechs:

  1. O uso de algum tipo de tecnologia durante o trabalho com a educação. Isso significa que há uma aplicação de conhecimento científico em tarefas práticas.

  2. A atuação da tecnologia como uma forma de facilitar os processos de aprendizagem e aprimoramento do sistema educacional, tornando-o mais efetivo.

Em 2020, com o início das aulas em regime remoto no Brasil, vários dos problemas enfrentados foram resolvidos através de uma parceria entre escolas e startups de educação, segundo o levantamento feito em conjunto pelo CIEB e pela Abstartups.

Com as aulas se tornando remotas, profissionais da educação tiveram que aderir aos serviços de reuniões online, por exemplo. Consequentemente, as aulas também precisaram ser adaptadas, acarretando na necessidade de reaprender como ensinar os conteúdos em um novo formato.

As instituições de educação precisaram encontrar respostas para diversas perguntas: 

Como gerir? Como ensinar? Como avaliar? Como retornar às aulas presenciais? 

Essas são questões constantes desde 2020. Por isso, plataformas de gestão de conteúdo e outras ferramentas foram essenciais para a organização do trabalho pedagógico.

As EdTechs desempenharam um papel muito importante diante de tantos questionamentos levantados. Isso porque elas aumentaram a oferta de serviços e ferramentas para intensificar o uso de tecnologia aliada à educação, a fim de facilitar o ensino e a aprendizagem.

A forma de ensinar e aprender não será mais a mesma

Desde a implementação do ensino remoto, muita coisa mudou. Para os educadores, não foi fácil se adaptar a um novo contexto de educação, e isso exigiu muito estudo e trabalho extra para encontrar e entender as novas ferramentas que poderiam ser aplicadas no dia-a-dia escolar.

O setor de EdTech teve um aumento considerável no último ano. Segundo a Harvard Business Review, a tendência de tecnologia aliada à educação tem impulsionado a demanda por aprendizagem além da sala de aula tradicional.

As EdTechs, enquanto fenômeno global, são resultado de uma busca contínua por inovação em tecnologia educacional. O tamanho do mercado mundial de tecnologia para a educação foi avaliado em US $89,49 bilhões em 2020, e estima-se que o crescimento anual seja de 19,9% entre 2021 e 2028.

Logo no início da pandemia de Covid-19, as EdTechs responderam rapidamente às demandas de diversas instituições de educação ao redor do mundo, garantindo a continuidade das aulas.

E se engana quem pensa que tecnologia educacional se aplica apenas ao ensino básico. Na verdade, ela pode ser usada em todos os níveis educacionais. Inúmeras instituições de ensino superior adotaram soluções tecnológicas no último ano, por exemplo.

Segundo um artigo da Harvard Business Review, ao empregar a tecnologia nas universidades, torna-se possível oferecer acesso a milhões de pessoas em todo o mundo.

Mas esse não é o único prêmio. Por meio de engajamento mais profundo e parcerias com a indústria local em todo o mundo, as melhores universidades serão capazes de criar um ciclo virtuoso que avança na pesquisa e no pensamento colaborativo para encarar alguns dos desafios mais urgentes que enfrentamos hoje.”, disse a vice-presidente sênior de empresas da Coursera, Leah Belsky.

Na prática, quais soluções são oferecidas pelas EdTechs?

O mapeamento de EdTechs no Brasil constatou mais de 20 soluções que foram aplicadas no país pelas startups de educação analisadas. Entre elas estão: jogos educativos, cursos online, ferramentas de apoio à gestão pedagógica, ambiente virtual de aprendizagem (AVA) e repositório digital, entre outras.

Certo, mas como funciona cada uma delas?

Você já percebeu que são muitas as opções de soluções e ferramentas de tecnologia educacional. Abordaremos algumas delas neste artigo.

A primeira são os jogos educativos. Eles são softwares lúdicos, desenvolvidos com o objetivo de viabilizar uma estratégia pedagógica intencional, na qual os conceitos são expandidos através de um jogo para auxiliar no desenvolvimento do aluno. Essa é uma forma mais intuitiva e divertida de trabalhar o conteúdo.

Outra solução bastante utilizada são os cursos online. É imensa a variedade de temáticas e conteúdos disponíveis em formato de curso digital. Eles podem ser elaborados em diferentes ferramentas e plataformas, assim como a metodologia e a avaliação podem variar.

A educação não acontece apenas na sala de aula com os professores e alunos. A gestão educacional também precisou ser repensada durante o ensino remoto. As ferramentas de apoio à gestão pedagógica atuam como forma de facilitar os processos específicos de cada instituição. É por isso que essas tecnologias são adaptáveis à organização.

Em situações de ensino a distância, ensino híbrido e ensino semipresencial, o ambiente virtual de aprendizagem (AVA) foi a tecnologia educacional que garantiu a criação de ambientes virtuais que incluem gestão de conteúdo, atividades e avaliação.

E o material que é utilizado em aula, como é armazenado?

Para essa função, existem os repositórios digitais, que funcionam como plataformas online que sistematizam os conteúdos e os agrega em sistemas de indexação e busca. Assim, é possível acessar e baixar tudo o que está lá.

Em resumo, as ferramentas oferecidas pelas EdTechs são muitas e só tendem a crescer com o desenvolvimento do setor ao redor do mundo. 

Estamos prontos para isso?  🤔 Bem, teremos que estar!

_

Conte nos comentários se você já fez um curso online ou algo do tipo e como foi a sua experiência! ✍️


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados