Valendo

ANAC dá primeira autorização para entrega comercial usando drones

A contemplada foi a companhia Speedbird Aero

22 de Janeiro de 2022 - 19h33 Corrigir A + A -

Agência Brasil

A Speedbird Aero utilizará a aeronave pilotada remotamente chamada DLV-1 NEO. (Foto: Tânia Rêgo - Agência Brasil)

A Speedbird Aero utilizará a aeronave pilotada remotamente chamada DLV-1 NEO. (Foto: Tânia Rêgo - Agência Brasil)

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) concedeu a primeira autorização para uma empresa utilizar drones para entregas comerciais. A contemplada foi a companhia Speedbird Aero, que poderá utilizar aeronaves não tripuladas em suas operações de entrega de produtos.

A Speedbird Aero utilizará a aeronave pilotada remotamente chamada DLV-1 NEO. Poderão ser carregadas cargas de até 2,5 quilos em um raio de até 3 quilômetros. A autorização contempla áreas rurais e urbanas.

Mas a licença envolve uma série de requisitos e parâmetros de segurança. Entre eles estão não sobrevoar pessoas, manter distância de fontes de interferência eletromagnética e respeitar as alturas máximas e mínimas fixadas pela ANAC.

O processo de análise do pedido durou oito meses. Técnicos da ANAC acompanharam quatro ensaios com a empresa, sendo três voltados para observação das características físicas do equipamento e outro para analisar a atuação operacional.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados