Eleições 2020

Um segundo turno com segurança

Drones da Polícia Federal estarão novamente atuando em Pelotas no controle do crime eleitoral

28 de Novembro de 2020 - 19h30 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Mobilização. PF terá o apoio dos demais órgãos de segurança. (Foto: Divulgação PF)

Mobilização. PF terá o apoio dos demais órgãos de segurança. (Foto: Divulgação PF)

Um segundo turno mais calmo, porém não menos importante para os órgãos de segurança de Pelotas que atuarão durante o pleito e, principalmente, após o resultado, quando a comemoração pode causar aglomerações; e a cidade está em alerta com os casos de Covid-19, que vem aumentando.

Responsável pela segurança das Eleições 2020, a Polícia Federal de Pelotas atuará em apoio à Justiça Eleitoral durante a realização do pleito. A exemplo do primeiro turno, dois drones estarão em ação. O equipamento é capaz de voar em elevada altitude de forma imperceptível e, através de câmeras de longo alcance, identificar suspeitos, placas de veículos, entregas de santinhos e situações de compra de votos, com imagens de alta nitidez. “Para a utilização do equipamento, é necessário um plano de voo na Anac”, ressalta o delegado titular Robison Robin. Ele conta que quatro equipes estarão circulando pelos principais pontos da cidades onde há maior concentração de seções eleitorais.

Polícia Rodoviária Federal

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), de acordo com o responsável pela 7ª Delegacia de PRF, inspetor Fabiano Góia, estará com o efetivo reforçado, caso receba denúncia de transporte de eleitores, o que é proibido. “Estaremos atentos às comemorações em excesso que podem provocar alguma infração de trânsito”, diz. Góia salienta que o primeiro turno foi muito tranquilo, sem ocorrências e movimento devido ao feriado. “Como restringe a grandes centros as eleições em segundo turno, acreditamos que seguirá na mesma linha.” A PRF atende pelo 191.

Polícia Civil

A 18ª Regional da Polícia Civil reforçará o efetivo nos plantões, como na Delegacia de Política de Pronto Atendimento (DPPA) e nas demais Delegacias de abrangências, a exemplo do dia 15 de novembro. Segundo o delegado Márcio Steffens, a Equipe Volante estará acompanhando o decorrer das eleições. “Fizemos algumas ações preventivas nas principais seções e vamos manter a mesma dinâmica neste domingo.” A Polícia Civil atende pelo 197.

4ºBPM

O comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Márcio André Facin, garante que a unidade estará dispondo do efetivo nas ruas da cidade para manter a ordem pública no transcorrer do pleito eleitoral. “Nossa operação estará nas ruas desde as primeiras horas do dia e somente encerrará na noite de domingo, após serem finalizados os números”, reforça.  No transcorrer do processo, o Batalhão trabalhará integrado com Poder Judiciário, Ministério Público, Polícia Federal, Polícia Civil, Secretaria de Segurança Pública e também Secretaria de Trânsito do Município. “A Brigada Militar estará vigilante, apoiando os órgãos competentes no sentido de não permitir a ocorrência envolvendo ilícitos eleitorais.” Para Facin, o pleito do dia 15 de novembro ocorreu de maneira normal, com poucas ocorrências de boca de urna, sendo que em todas elas se agiu rapidamente. “Nosso compromisso é com a nossa comunidade, com a democracia e com a manutenção da ordem pública e, para tanto, eu e todos os servidores do 4ºBPM estaremos nas ruas de Pelotas neste domingo”. A BM atende pelo 193.

Guarda Municipal

O comandante da Guarda Municipal, Igor Bretanha informa que a GM também estará à disposição para atender as solicitações que possam surgir. “Também estaremos trabalhando de maneira integrada com os demais órgãos de Segurança Pública, na manutenção da segurança dos eleitores e dos locais de votação”, adiantou. Além dos locais de votação, equipes da GM estarão nos locais de apuração. A Guarda Municipal atende pelo 153.

Propriedade intelectual do Jornal Diário Popular

Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados