Flagrantes

Três paulistas são presos em Pelotas por estelionato

No Areal, um homem foi preso por mentir que teve o celular roubado para ganhar o seguro

19 de Novembro de 2020 - 10h28 Corrigir A + A -
Uma das vítimas teve um prejuízo de mais de R$ 20 mil. (Foto: Polícia Civil)

Uma das vítimas teve um prejuízo de mais de R$ 20 mil. (Foto: Polícia Civil)

A Polícia Civil de Pelotas, através da equipe Volante em ação conjunta com a Brigada Militar, prenderam em flagrante três paulistas que estavam na cidade aplicando o golpe da máquina de cartão. O trio foi preso dentro de um supermercado da cidade, fazendo compras com o cartão de uma das vítimas. Desta mesma, eles já haviam retirado mais de R$ 20 mil.

Também em em posse dos acusados foram aprendidas nove máquinas de cartão e diversos cartões de vítimas. Após os trâmites de praxe os três foram encaminhados para o Presídio Regional de Pelotas.

Fraude

Já o serviço de investigações da 2ª Delegacia de Polícia de Pelotas identificou uma pessoa que praticou o crime de estelionato. O referido noticiou que havia sido vítima de roubo de celular no bairro Areal, em Pelotas, porém as investigações da polícia apontaram que a suposta vítima relatou que fez o boletim de ocorrência para fins de obter vantagem ilícita e fraudar o seguro contra roubos, tendo relatado o crime, recebido a indenização da seguradora e posteriormente vendido o telefone.

Segundo a delegada Walquíria Meder, o homem será indiciado em sede de inquérito policial por obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados