Operação Papai Noel

Segurança reforçada no Centro de Pelotas

Operação vai até o dia 31 de dezembro

04 de Dezembro de 2018 - 17h17 Corrigir A + A -

Por: Giulliane Viêgas
giulliane.viegas@diariopopular.com.br

Policiais do Pelotão de Choque, policiamento ostensivo e administrativo estarão nas ruas. (Foto: Paulo Rossi - DP)

Policiais do Pelotão de Choque, policiamento ostensivo e administrativo estarão nas ruas. (Foto: Paulo Rossi - DP)

A Brigada Militar (BM) desencadeou nesta terça-feira (4), nas principais cidades do Estado, a Operação Papai Noel - com foco em coibir os crimes de furto e de roubo no período de compras de final de ano nos principais centros comerciais do RS. Em Pelotas, a ação foi lançada no largo Edmar Fetter.

Até o final do ano, policiais do Pelotão de Choque, do policiamento ostensivo e do setor administrativo estarão no centro da cidade, durante o horário comercial, garantindo a segurança dos consumidores e comerciantes, através de patrulhamento a pé, de viaturas e de motocicletas. Além disso, haverá reforço dos agentes que atuam na Força Gaúcha e que ficarão em Pelotas no período da Operação Papai Noel.

O comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Eduardo Perachi, explicou que, apesar do efetivo empregado na ação especial que ocorrerá até 31 de dezembro, o município não ficará sem policiamento nos bairros, uma vez que a Operação Papai Noel foi deflagrada após planejamento estratégico da corporação.

“O patrulhamento no município segue de maneira normal e efetiva, não haverá prejuízo, visto que o Policiamento Comunitário, bem como as demais guarnições, estará atuando no restante da cidade”, disse.

Conforme o oficial, desde esta terça os militares estão em pontos do centro de Pelotas considerados de maior incidência de crimes relacionados ao patrimônio. A distribuição foi feita a partir de um levantamento feito pelo Setor de Inteligência do 4º BPM que apontou os locais mais críticos. “Tudo feito de acordo com o planejamento da corporação”, comentou. Além dos policiais, o reforço no centro da cidade contará com o apoio do canil da BM.

Durante a cerimônia de lançamento, Perachi falou da redução dos crimes praticados no município em relação ao ano passado, através de um esforço conjunto entre os órgãos de Segurança Pública da cidade. De acordo com o tenente-coronel, até novembro deste ano, Pelotas apresentou queda de 10,4% nos homicídios, 16% nos roubos a pedestres e 38% nos roubos de veículos. “É um trabalho conjunto que beneficia a comunidade e aumenta a sensação de segurança”, comentou. O comandante do 4º BPM disse ainda que neste ano mais de duas mil pessoas foram presas, 412 quilos de drogas apreendidos e 341 armas recolhidas das ruas.

Para quem trabalha no comércio no Centro da cidade, a Operação Papai Noel representa alívio até o fim do ano. “Com a presença da Brigada Militar, nos sentimos mais seguros. Sabemos que estarão circulando por todos os lados ou terá viatura estacionada para emergência”, avaliou uma vendedora de uma loja do calçadão de Pelotas.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados