Homicídio

Rio Grande registra a 50ª morte violenta do ano

Duas mortes foram registradas em um intervalo de seis horas

17 de Maio de 2022 - 09h20 Corrigir A + A -
O adolescente Dayler Rocha, estava com seu padrasto quando foi morto (Foto: redes sociais)

O adolescente Dayler Rocha, estava com seu padrasto quando foi morto (Foto: redes sociais)

Rio Grande chega a marca das 50 mortes violentas nestes primeiros cinco meses do ano. As duas últimas tiverem pequena diferença no horário. Dayler Souza Leite Rocha, de 14 anos, foi morto a tiros na rua Uruguai, no bairro Rural, por volta das 21h40min de segunda-feira (16). Por volta das 4h desta terça-feira, a 50ª morte, na Vila Maria, de um homem ainda não identificado. A vítima é um homem branco, de meia idade, também morto a tiros.

A morte de Dayler se deu quando estava com seu padrasto, que também foi atingido por um tiro no tórax, porém se encontra estável, internado no hospital, após uma cirurgia. Há ainda a informação de que haveria um terceiro homem, que conseguiu fugir sem ser alvejado. Segundo testemunho de populares, os autores estariam em um Fiat Uno, de cor preta. A polícia afirma que até o momento não se tem informação de possíveis suspeitos e nem uma possível motivação do crime.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados