Identificação

Quinze socioeducandos do Case Pelotas recebem a carteira de artesão

Documento dá o reconhecimento como profissional autônomo

15 de Outubro de 2021 - 15h09 Corrigir A + A -
Recentemente, os jovens apresentaram os artesanatos aos avaliadores com a finalidade de demonstrar as diferentes técnicas desenvolvidas nas oficinas da unidade.

 (Foto: Divulgação - DP)

Recentemente, os jovens apresentaram os artesanatos aos avaliadores com a finalidade de demonstrar as diferentes técnicas desenvolvidas nas oficinas da unidade. (Foto: Divulgação - DP)

Em parceria com a Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), 15 adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Pelotas receberam as carteiras de artesãos. A cerimônia foi no auditório do Case.

Recentemente, os jovens apresentaram os artesanatos aos avaliadores com a finalidade de demonstrar as diferentes técnicas desenvolvidas nas oficinas da unidade.

Participaram da entrega a equipe diretiva do Case Pelotas, o assessor técnico Vilmar Gomes, o coordenador do Departamento de Promoção de Desenvolvimento Social da FGTAS, Denis Costa e o coordenador da Agência FGTAS Pelotas, Glauber Bürkle.

A carteira dá o reconhecimento como profissional autônomo, desta forma, quando concluírem a medida de internação, os jovens poderão, conforme prevê o programa, contribuir para a Previdência Social e emitir notas fiscais de suas vendas. Também poderão obter declaração de rendimentos, participar de exposições, feiras.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados