Sede

Quartel dos Bombeiros deve ficar pronto em dez meses

Prefeitura de São Lourenço do Sul assina nesta quinta o termo de contrato e a ordem de início das obras com a empresa vencedora, Cotrefe

20 de Janeiro de 2022 - 08h30 Corrigir A + A -

Por: Cíntia Piegas
cintiap@diariopopular.com.br 

Modelo. Área de 606,04 metros quadrados fica na avenida Sony Soares Corrêa (Foto: Divulgação - DP)

Modelo. Área de 606,04 metros quadrados fica na avenida Sony Soares Corrêa (Foto: Divulgação - DP)

Um passo importante na área de segurança será dado nesta quinta-feira (20) em São Lourenço do Sul com a assinatura do termo de contrato e a ordem de início das obras para a construção do quartel do 1º Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar. Instalada precariamente desde 2013 em um espaço alugado, a corporação recebeu atenção da prefeitura, que viu a necessidade de investir nas instalações, sendo que o custo de R$ 1 milhão será com 100% de recursos do município.

“Ano passado a corporação passou por muitas dificuldades e pensamos até em uma alternativa. Mas com o trabalho rápido foi possível chegar a essa etapa e estamos muitos felizes”, assinalou o secretário Especial de Gabinete, Cristian Iespen. O titular da pasta conta que a empresa Geodrone, de São Lourenço do Sul, fez o projeto voluntariamente. No início do ano passado foi preciso fazer alguns ajustes para o melhor uso do espaço para o estacionamento, acessibilidade, mobilidade das viaturas do efetivo em momentos de atendimento, além de toda parte administrativa.

“Desde 2013, as instalações permaneceram em um local alugado pela prefeitura, mas devido às limitações de área para armazenamento de equipamentos e viaturas, necessitava de um local maior e com características específicas para um quartel de Bombeiros”, disse o comandante da unidade, o primeiro-sargento Anderson Luís Matoso Oliveira. Ele conta que o novo prédio terá 606,04 metros quadrados, com garagem lateral para os dois caminhões de auto bomba tanque, mais duas viaturas leves (uma S10 para incêndio florestal e uma viatura administrativa), área administrativa, espaço para uma embarcação emprestada de Rio Grande, além de contar com uma sala de aula para projetos sociais como Bombeiro Mirim e palestras em geral.

Atualmente a corporação conta com um efetivo de 21 militares que atuam em São Lourenço do Sul e em Turuçu. “Apenas no ano de 2021, o pelotão atendeu, em sua área de atuação, um total de 241 ocorrências, sendo 58 delas incêndios.” O local escolhido também foi pensado pela dinâmica dos bombeiros. O prédio fica na avenida Sony Soares Corrêa, esquina rua Max Stenzel, para facilitar as saídas do caminhão e viaturas.
Já o prédio, como explicou o secretário Iepsen, foi projetado inicialmente para abrigar o setor da agricultura familiar, mas o projeto não foi adiante, mesmo com as paredes erguidas. Então foi feito um Projeto de Lei para alterar a finalidade do espaço, com aprovação do Legislativo.

Inauguração

Pelo contrato, a empresa vencedora da licitação, a Cotrefe, da cidade de Nova Bassano, tem dez meses para entregar o prédio pronto para a inauguração.

Canguçu

Depois de ter o contrato para a construção do quartel que abrigaria uma unidade do Corpo de Bombeiros em Canguçu, no final do ano passado, com a empresa vencedora da licitação, que cumpriu com apenas 5% do prometido, engenheiros da prefeitura ainda avaliam as planilhas do projeto para abrir uma nova rodada de seleção. A secretária de Ações Estratégicas, Vanessa Mota, informou à reportagem que em fevereiro terá novidades sobre a instalação dos bombeiros na cidade.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados