Flagrante

PRF apreende semirreboque clonado em Pelotas

O chassi estava com a numeração original suprimida e uma outra falsa tinha sido gravada

29 de Julho de 2021 - 14h37 Corrigir A + A -
O veículo e o condutor  de 48 anos, que é natural de Joínvile, foram apresentados na polícia judiciária de Pelotas. (Foto: Reprodução vídeo PRF)

O veículo e o condutor de 48 anos, que é natural de Joínvile, foram apresentados na polícia judiciária de Pelotas. (Foto: Reprodução vídeo PRF)

Policiais Rodoviários Federais apreenderam na  BR-116, um veículo com sinais identificadores adulterados. Durante fiscalização de trânsito em Pelotas, os agentes abordaram um semirreboque, com placas de Santa Catarina e, ao analisar seus sinais identificadores, constataram que se tratava de um clone, pois o chassi estava com a numeração original suprimida e uma outra falsa tinha sido gravada.

A adulteração de sinal identificador por si só é crime, com pena que pode chegar a seis anos de reclusão, que é usualmente praticado para tentar despistar fiscalização e acobertar crimes ainda mais graves como roubo de veículos, tráfico de drogas e contrabando.

O veículo e o condutor  de 48 anos, que é natural de Joínvile, foram apresentados na polícia judiciária de Pelotas.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados