Polícia

Portaria da PRF atualiza plano de contingência

Documento adequa a gestão da crise às realidades regionais e prepara a retomada gradual da rotina e atendimento presencial

02 de Julho de 2020 - 08h38 Corrigir A + A -
Órgão já aplicou mais de 1,3 mil testes rápidos no efetivo (Foto: Infocenter DP)

Órgão já aplicou mais de 1,3 mil testes rápidos no efetivo (Foto: Infocenter DP)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) publicou a Portaria 186, que atualiza a estrutura de governança de crise e o estabelecimento do plano de contingência para o enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional, decorrente do novo coronavírus (Covid-19). A instituição já aplicou mais de mil testes no efetivo.

Além de acompanhar diariamente o cenário da crise, desde o seu início e, com o avanço deste monitoramento, foram observados distintos cenários em estados e municípios. A estratégia institucional objetiva permitir que a superintendência aplique medidas mais adequadas ao cenário local e acompanhe de forma dinâmica as eventuais mudanças.

A redução do grau de severidade da crise permitiu o restabelecimento da Instrução Normativa 99 de 2017, que dispõe sobre regime de escala de plantão, jornada de trabalho e compensação de horas no âmbito da PRF.

Além do retorno da normativa, a Portaria 186 restabelece ainda os institutos da Educação Física (EFI) e da Licença Capacitação, que terão sua concessão avaliada pelo superintendente, que buscará aliar as necessidades de pleno atendimento à sociedade no contexto da pandemia aos direitos dos servidores.

Também, caberá ao gestor regional avaliar a conveniência e oportunidade da manutenção do trabalho remoto, observados de critérios de suscetibilidade aos sintomas mais graves do Covid-19, e o retorno do atendimento presencial ao público.

Prevenção

Durante a gestão da crise, o órgão adotou medidas para a proteção do efetivo que vão desde a distribuição de equipamentos de proteção individual à testagem para a Covid-19, passando pela disponibilização de atendimento médico e psicológico. O Grupo de Referência em Incidente Crítico de Saúde Organizacional (GRICS) realizou 3.757 atendimentos e 647 apoios psicológicos de março a junho. O GRICS também prestou apoio a 4.717 servidores aposentados.

Em todo o Brasil, 1.318 testes rápidos foram realizados. Com a Portaria 186, toda a estrutura de atendimento ao servidor permanecerá mobilizada, com a continuidade do apoio médico, psicológico e testagens para a segurança dos servidores.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados