Investigação

Polícia Civil já tem suspeitos do assalto à família da colônia Santa Áurea em Pelotas

Durante a ação criminosa, o dono da casa, de 80 anos, foi baleado e os dois filhos brutalmente agredidos

04 de Novembro de 2019 - 15h03 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Bandidos queriam dinheiro e reviraram a casa. (Foto: Reprodução WhatsApp)

Bandidos queriam dinheiro e reviraram a casa. (Foto: Reprodução WhatsApp)

Agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas e Organizadas (Draco) de Pelotas já tem suspeitos para o crime cometido na noite de sábado, na Colônia Santa Áurea, zona Rural do município, quando pai e dois filhos tiveram a casa invadida por cinco bandidos. O proprietário de 80 anos levou três tiros e os filhos foram brutalmente agredidos, sendo um deles teve a perna quebrada.

De acordo com o titular da Draco, delegado Rafael Lopes, a equipe esteve no local na manhã desta segunda-feira (4), para mais diligências e as investigações já levaram a alguns nomes de suspeitos. As vítima, internadas no Pronto-Socorro de Pelotas (PSP), puderam apenas conversar com os policiais, sem conseguir dar um depoimento oficial.

O roubo com lesões foi por volta de 20h quando os cinco criminosos encapuzados invadiram a propriedade rural em busca de dinheiro. Pelas imagens feitas no local, a casa ficou totalmente revirada. O assalto durou cerca de três horas. Após o crime, os cinco homens fugiram em direção à BR-392. O veículo que conduziam, um Gol com placas de Morro Redondo, era roubado e foi abandonado no quilômetro 81 da rodovia. A polícia não pode adiantar se foram levados objetos de valor ou dinheiro. A casa já havia sido assaltada anteriormente, mas sem agressões, só destruição dos bens.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados