Flagrante

PF e RF apreendem produto veterinário na fronteira com o Uruguai

Substância para uso animal também é utilizada em mistura para aumentar volume de cocaína

03 de Abril de 2021 - 07h53 Corrigir A + A -
A importação dessa mercadoria necessita de autorização do Ministério da Agricultura. (Foto: Polícia Federal)

A importação dessa mercadoria necessita de autorização do Ministério da Agricultura. (Foto: Polícia Federal)

A Polícia Federal e a Receita Federal apreenderam dez quilos de produto de uso veterinário em abordagem de rotina realizada no Posto da Alfandegário do Chuí, na fronteira com o Uruguai. Dois homens, moradores de Rio Grande, foram presos em flagrante por contrabando.

A dupla tentou entrar no Brasil em um veículo com dez frascos da substância "Clenpulmin", de origem uruguaia, broncodilatador de uso para cavalos. O produto também é comumente utilizado para mistura em cocaína, com o intuito de dar mais volume ao entorpecente.

A importação dessa mercadoria necessita de autorização do Ministério da Agricultura. Como os presos não possuíam tal autorização, foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Federal em Santa Vitória do Palmar, indiciados por contrabando e encaminhados sistema prisional da região. A pena prevista é de reclusão, de dois a cinco anos.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados