Crime

Pelotas registra o 4º latrocínio desde o início do ano

Idoso de 75 anos guardava o carro na garagem da residência quando foi atingido por um disparo na cabeça

16 de Agosto de 2019 - 13h28 Corrigir A + A -

Por: Giulliane Viêgas
giulliane.viegas@diariopopular.com.br

A Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) tenta identificar os autores do latrocínio praticado contra José Semino Vaniel, 75. No último dia 7, o idoso guardava o carro na garagem da residência, na rua Rudi Bonow, nas Três Vendas, quando foi atingido por um tiro na cabeça. Ele não resistiu e morreu na madrugada desta sexta-feira (16).

Segundo o registro de ocorrência, a esposa de Semino estava no imóvel e ouviu o barulho de um suspeito entrando na casa e que do local havia roubado um celular. O latrocínio praticado contra o idoso é o quarto caso registrado em Pelotas desde o início do ano.

Quem tiver informações que possam ajudar a Especializada, entre em contato com a Draco através dos telefones: (53)3310-8620 ou 197. A denúncia é anônima.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados