Fiscalização

Operação Proclamação da República da PRF tem duas prisões

Em uma delas, o motorista de 42 anos dirigia embriagado pela BR-392

18 de Novembro de 2019 - 10h01 Corrigir A + A -
Em Cerrito, um jovem foi preso com uma espingarda. (Foto: Divulgação PRF)

Em Cerrito, um jovem foi preso com uma espingarda. (Foto: Divulgação PRF)

Durante ações de policiamento e fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Operação Proclamação da República, um caminhão Ford/250 foi abordado na BR-116 transportando um motor de Scania na carroçaria do veículo. Ao consultarem a numeração do motor, não retornou nenhum cadastro e o local destinado a marcação estava com indício de supressão. Diante dos fatos, o condutor foi conduzido junto com o motor para a Polícia Judiciária.

Na tarde de domingo (17), por volta das 18h30min, também na BR-392, em Pelotas, a PRF prendeu um homem de 42 anos por embriaguez ao volante. Os policiais realizavam fiscalização quando abordaram uma motocicleta. Ao realizar o teste de etilômetro o resultado apontou alto índice de álcool no sangue, configurando crime. O condutor não possuía CNH e a motocicleta estava com o licenciamento vencido. Ele foi preso e conduzido à área judiciária de Pelotas. Já a motocicleta removida para depósito conveniado.

Na mesma tarde, porém na BR-293, em Cerrito, a PRF prendeu um jovem de 19 anos por porte ilegal de arma de fogo. Foi durante fiscalização quando, no quilômetro 40 abordaram uma Courier. Durante a abordagem, os policiais encontraram uma espingarda calibre 22 adaptada. O condutor do veículo foi preso e conduzido à DPPA de Pelotas.

Balanço
Entre quinta-feira e domingo, nas rodovias e estradas federais do Rio Grande do Sul, foram registradas 2.123 infrações de trânsito, sendo 476 por ultrapassagem indevida e 173 por embriaguez. Foram registrados 57 feridos e sete mortos no local do acidente. Além disso, a PRF prendeu 59 pessoas e apreendeu 616 quilos de entorpecentes.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados