Fiscalização

Operação Integrada aborda 500 pessoas

Foco é é elevar a sensação de segurança da população, combate à criminalidade e reduzir a perturbação do sossego público

11 de Março de 2018 - 15h03 Corrigir A + A -

Desde a noite da última sexta-feira até a madrugada deste domingo (11) órgãos de Segurança Pública realizaram ações de fiscalização e de combate à criminalidade. Quatro pessoas foram presas em flagrante com arma de fogo ilegal.

Na sexta-feira à noite, na avenida Ferreira Viana foram abordados 87 veículos, realizados 86 testes para detecção de álcool entre os motoristas e uma recusa. Foram registradas 11 infrações, três veículos removidos a depósitos credenciados ao Detran.

Na madrugada de sábado para domingo, a operação se concentrou em frente a casas noturnas, e além da GM, BM e agentes de trânsito, contou com efetivo da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e Secretaria de Qualidade Ambiental (SQA), que verificou o potencial de perturbação do sossego público dos locais visitados.

Ao total, 20 veículos foram vistoriados e dois deles recolhidos, 500 pessoas abordadas e uma presa por desacato.

A Operação Integrada faz parte do eixo Policiamento e Justiça, do Pacto Pelotas pela Paz. O objetivo é elevar a sensação de segurança da população, paralelamente, à realização de blitzes para apreender armas ilegais, coibir o porte de drogas, o consumo de álcool ao volante e reduzir a perturbação do sossego público.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados