Aquisição

Novos equipamentos qualificam o trabalho da perícia

Departamentos da capital e do interior estão sendo beneficiados

09 de Outubro de 2021 - 16h00 Corrigir A + A -

O Instituto-Geral de Perícias (IGP) recebeu, nos últimos dias, uma série de doações que chegam para qualificar os trabalhos realizados pelos servidores e o atendimento nos departamentos. Uma mesa de necropsia,  um drone e quarenta e quatro maletas papiloscópicas estão entre os equipamentos recebidos pela instituição. 

O Grupo Hospitalar Conceição(GHC) doou ao IGP uma mesa de necropsia.  Os materiais vão aprimorar os atendimentos do necrotério do Departamento Médico-Legal (DML), em Porto Alegre, e melhorar as condições de trabalho dos servidores,  garantindo mais qualidade nos laudos emitidos pelo departamento. Segundo o diretor do DML, Eduardo Terner, a direção iniciou uma busca por doações em diversas casas de saúde. “Realizamos uma forte campanha junto aos hospitais do estado. O GHC foi sensível ao pedido e efetuou a doação, que chega justamente no momento em que estamos realizando uma ampla reforma no necrotério”, destacou. A mesa de necropsia cedida tem design moderno e é ergonomicamente mais adequada para o serviço realizado pelos peritos.

Maleta papiloscópica
Maleta papiloscópica já está em uso em Santa Cruz (Foto: Divulgação/IGP)

Já o Posto de Criminalística de Santa Cruz recebeu diversos itens que qualificam o trabalho dos servidores do local. Entre eles, um drone doado pela Receita Federal, três malas papiloscópicas, quatro capacetes, um detector de metais e um boroscópio - uma sonda com uma câmera na ponta que  permite visualizar e gravar o interior do motor de veículos.

Maletas

Devido à parceria firmada com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), o IGP recebeu quarenta e quatro maletas para papiloscopia, que estão sendo enviados para  os Postos de Criminalística do interior e da capital.  Cada equipamento é composto por pincéis e pós especiais para as coletas de fragmentos papilares que são realizadas durante as perícias de local de crime. As maletas tiveram custo total de R$ 218 mil.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados