Mortes

Mulher é vítima de latrocínio e idoso morre atropelado

Ana Beatriz Vieira foi morta dentro da casa em que morava na Vila da Quinta, em Rio Grande

20 de Agosto de 2019 - 08h36 Corrigir A + A -

Por: Giulliane Viêgas
giulliane.viegas@diariopopular.com.br

Ecosul e PRF estão no local. (Foto: Ecosul)

Ecosul e PRF estão no local. (Foto: Ecosul)

Atualizada às 21h27min.

Duas mortes foram registradas em Rio Grande entre a última segunda-feira (19) e a manhã de terça. Em um dos casos, uma mulher foi - em princípio - vítima de latrocínio e no outro, um idoso de 68 anos foi atropelado na BR-392.

A Polícia Civil de Rio Grande tenta identificar os suspeitos de matar uma mulher dentro de uma casa na Vila da Quinta, próximo ao lixão, pela BR-392. Segundo o delegado responsável pela investigação, Ronaldo Coelho, Ana Beatriz Vieira de Oliveira, de 53 anos, foi alvo de diversos disparos de arma de fogo, entre eles na cabeça. A vítima foi morta dentro da residência em que morava. A suspeita é de que o crime seja um latrocínio - roubo seguido de morte -, já que do imóvel foi levada uma arma.

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP), de janeiro a julho deste ano, Rio Grande registrou 25 homicídios e dois latrocínios.

Na manhã desta terça-feira, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada para atendimento de um acidente envolvendo um motociclista e um ciclista na BR-392, quilômetro 16,5, na alça de acesso ao balneário Cassino.

No local, a equipe da PRF constatou que ocorreu uma colisão frontal entre os veículos, e o levantamento preliminar indicou que o ciclista saía da alça de acesso pela contramão quando foi atingido pela motocicleta. Com a colisão, o ciclista J.I.S.C., de 68 anos, morreu na hora e o motociclista A.S.S., de 23 anos, foi encaminhado para atendimento hospitalar. O trânsito no local foi orientado pela PRF e o Instituto Geral de Perícias (IGP) foi acionado para fazer a perícia no local.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados