Violência contra mulher

Mulher é agredida a garrafadas pelo companheiro em Pelotas

O crime ocorreu porque a vítima se negou a manter relações sexuais com o acusado; ele foi preso em flagrante pela Polícia Civil

10 de Dezembro de 2019 - 10h23 Corrigir A + A -

Por: Giulliane Viêgas
giulliane.viegas@diariopopular.com.br

(Foto: Polícia Civil)

(Foto: Polícia Civil)

A Polícia Civil prendeu em flagrante um homem de 30 anos que espancou a companheira após ela se negar a manter relações sexuais com o acusado. A vítima foi agredida com golpes de garrafa quebrada nos braços que resultou em diversos cortes. O acusado ainda tentou sufocar a companheira.

A prisão do homem aconteceu depois que a vítima chegou à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) toda ensanguentada, pedindo por socorro. Ela apresentava diversos sinais de violência e contou que havia sido espancada pelo companheiro. Policiais da Delegacia de Polícia do Capão do Leão estavam na DPPA e seguiram até a residência do acusado, nas proximidades do Presídio Regional de Pelotas (PRP). Ele reagiu à prisão e foi necessário conter o agressor.

Na DPPa, ele foi autuado em flagrante por lesão corporal em âmbito de violência doméstica. Conforme a Polícia Civil, o preso possui antecedentes policiais por ameaça e lesão corporal. Ele foi conduzido ao sistema penitenciário. 

A vítima solicitou Medida Protetiva de Urgência (MPU) contra o agressor. 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados