Internacional

Líder de facção no Estado é preso no Paraguai

Foi um ação conjunta entre Secretaria Nacional Antidrogas e Polícia Federal

04 de Agosto de 2020 - 13h09 Corrigir A + A -
Criminoso vivia em um condomínio de luxo em Hernandarias. (Foto: Divulgação Senad)

Criminoso vivia em um condomínio de luxo em Hernandarias. (Foto: Divulgação Senad)

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai, prendeu na manhã desta terça-feira (4), Fabrício Santos da Silva, vulgo Guri ou Nenê, um dos líderes de organização criminosa estabelecida no Rio Grande do Sul.

A prisão foi realizada pela Senad, na cidade de Hernandarias, no Paraguai, em um condomínio de alto padrão. A captura ocorreu a partir de informações de inteligência da Polícia Federal, com base em acordo de Cooperação Policial Internacional.

Nenê estava foragido da Justiça do Rio Grande do Sul desde junho, após romper a tornozeleira eletrônica. Ele foi condenado por diversos crimes, como tráfico de drogas, homicídio e roubo.

Ele será expulso do Paraguai e entregue à Polícia Federal.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados