Oportunidade

Jovens da Case Pelotas participam de concurso literário

Internos participam com produções textuais e criações gráficas

02 de Maio de 2021 - 14h16 Corrigir A + A -
 (Foto: Divulgação - DP)

(Foto: Divulgação - DP)

É bonito quando alguém encontra a forma como melhor expressa sentimentos, pensamentos, memórias. É interessante perceber essa facilidade acontecendo e ela pode acontecer para qualquer um. Trinta internos vinculados ao Case Pelotas se inscreveram para expôr textos e concorrer ao 4º Concurso Literário da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase).

O concurso visa estimular a auto expressão do socioeducando, valorizando a produção gráfica e textual como forma de despertar o interesse pela leitura e escrita literária. Durante o lançamento foi apresentado o regulamento, as regras para a participação, premiação e prazos do concurso às equipes dos Centros de Atendimento Socioeducativos (Cases) e adolescentes.

Ao Diário Popular, de forma anônima, dois internos celebraram a oportunidade. O primeiro, que possui atualmente 15 anos, relatou que essa foi a primeira experiência com a produção de textos literários. Para ele, a atividade ajudou na valorização da família. "O texto relata o meu sentimento em relação a eles", diz o jovem que gostaria, também, de participar de oficinas de hip hop, teatro e dança.

Já o segundo adolescente entrevistado, hoje com 17 anos, não é exatamente um estreante. Nem mesmo seria esse o primeiro premio: na escola, já foi contemplado por texto escrito. "Eu consigo me expressar melhor escrevendo do que falando", comenta ele, cujo texto inscrito no concurso fala sobre "a realidade das coisas boas e ruins, onde muitos se perdem pela ganancia do dinheiro."

Estímulo
Para o atual diretor do Case Pelotas, Israel Costa, projetos culturais como o concurso são importantes para estimular expressão, reflexão e sensibilidade, pontos fundamentais na reinserção social. "Eles tiveram a oportunidade de mostrar potencial criativo e melhora na autoestima."

Dentro das outras atividades propostas pelo Case Pelotas está o hip hip e todos os elementos que o formam - DJ, MC, grafite e dança -, além do teatro e percussão. Todas, entretanto, se encontram suspensas em virtude da pandemia de coronavírus. Quando o cenário se normalizar, elas voltarão a ocorrer.

Funcionamento
O concurso literário foi dividido em quatro etapas, nas quais foram observadas e respeitadas as Resoluções da FASE em relação à Covid-19 para o seu desenvolvimento. O período de entrega das produções foi de aproximadamente seis meses, com tema livre, nas categorias produção textual e produção gráfica. A etapa atual é a de avaliação dos trabalhos e o resultado sairá em 16 de junho.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados