Violência contra a Mulher

Homem é preso por cárcere privado em Pelotas

A vítima conseguiu ir até a UPA do Areal onde pediu socorro à BM

21 de Maio de 2020 - 13h43 Corrigir A + A -

Um homem foi preso na madrugada desta quinta-feira (21) suspeito de manter sua companheira em cárcere privado. A prisão ocorreu na avenida Ferreira Viana, bairro Areal, em Pelotas, após uma agente de saúde da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) comunicar à Brigada Militar que uma paciente pedia ajuda, sendo ela vítima de violência doméstica e de cárcere privado por seu companheiro.

Polícia militares diligenciaram buscas e abordaram um homem de 32 anos, em frente à UPA. O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde foi lavrado auto de prisão em flagrante.

De acordo com o delegado plantonista da DPPA, Jaimes Gonçalves, a vítima teria dito ao companheiro que a filha estava doente para conseguir ir até a unidade de saúde, onde pediu socorro. O preso tem passagem pela polícia e foi levado para o Presídio Regional de Pelotas (PRP).

Prisão domiciliar
A Brigada Militar estava na rua 23 de Maio, no bairro Lindóia, quando identificou um homem, de 47 anos, que deveria estar cumprindo prisão domiciliar. Ele foi levado para o PRP.

Na sequência, os policiais militares de Capão do Leão estavam no bairro Jardim América, quando abordaram um homem de 45 anos. Ele estava sendo procurado pela Justiça através de mandado de prisão. Ele também foi para o PRP.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados